Oeiras inaugura novo canil municipal

Oeiras inaugura novo canil municipal

A Câmara de Oeiras inaugurou o novo canil municipal, em Porto Salvo, um equipamento que gerou contestação por parte dos moradores pela proximidade às habitações, mas que a autarquia se compromete a controlar. Localizado no Bairro dos Navegantes, o equipamento foi contestado em outubro por moradores que exigiam o cancelamento da obra num abaixo-assinado que recolheu 600 assinaturas.
O ruído e o mau cheiro foram os principais problemas apontados pelos habitantes, que contestaram a decisão da câmara de instalar o equipamento num bairro social onde as condições de vida já são difíceis.
Contactada pela Lusa, a vereadora das Obras Municipais da Câmara de Oeiras, Madalena Castro, assegurou que depois de várias reuniões com os moradores e o presidente da junta de freguesia "as coisas estão mais calmas".
"Comprometemo-nos com os residentes a fazer a monitorização e, se houver problemas, cá estaremos para encontrar alternativas, porque claro que não queremos prejudicar o sossego de ninguém", disse a vereadora.
O Centro de Recolha Oficial de Animais do Município de Oeiras (CROAMA), segundo a autarquia, vai proporcionar condições de alojamento de "qualidade e bem-estar animal aos canídeos e felídeos que se encontram sob responsabilidade do município", num investimento municipal de 420 mil euros.
O anterior equipamento tinha também já motivado várias manifestações pela sua falta de condições.
Construído num lote com uma área de 1.374 metros quadrados, este equipamento inclui uma zona de canil e gatil, um edifício de Serviço Veterinário Municipal e Saúde Pública, um edifício de apoio e armazéns.
Além disso, é composto por uma área técnica com zona de quarentena para canídeos com dez ‘boxes’ compostas por zona coberta e descoberta, quatro celas semicirculares e uma zona de quarentena para gatos composta por seis ‘boxes’.