Oeiras celebra o primeiro Dia Municipal para a Igualdade com Caminhada no Passeio Marítimo

Oeiras celebra o primeiro Dia Municipal para a Igualdade com Caminhada no Passeio Marítimo
O Município de Oeiras celebra, pela primeira vez, o Dia Municipal para a Igualdade com a realização da Caminhada pela Igualdade, que terá lugar no dia 24 de Outubro, entre as 10H00 e as 12H00, no Passeio Marítimo de Oeiras.
 
O ponto de encontro será, às 9H30, na Piscina Oceânica, em Oeiras. O percurso será entre Oeiras - Paço de Arcos - Oeiras.
 
A participação requer inscrição prévia, gratuita, mencionando nome, data de nascimento e número do cartão do cidadão, para o seguinte endereço de correio eletrónico: caminhadapelaigualdade@cm-oeiras.pt .
 
A Comemoração do Dia Municipal pela Igualdade insere-se no âmbito do Plano Municipal para a Igualdade de Género de Oeiras, Município que tem vindo a concretizar um percurso progressivo e consistente com as opções ao nível do desenvolvimento e coesão social, incorporando e integrando esta matéria nas políticas municipais. Estas opções têm sido assumidas através de projetos e ações desenvolvidos numa ótica transversal, quer ao nível interno (numa perspetiva de implementação de boas práticas organizacionais), quer ao nível externo (no que se refere à atuação municipal em prol da qualidade de vida no concelho).
 
A criação do Plano Municipal para a Igualdade de Género de Oeiras, aprovado em 2011, é prova deste empenho municipal e no seu âmbito será operacionalizada uma estratégia, definida até 2017, assente em medidas estruturadas no âmbito das seguintes áreas estratégicas: Integração da perspetiva da igualdade de género na Administração Local; Promoção da igualdade entre Mulheres e Homens nas Políticas Públicas (educação, saúde, desporto); Independência económica, mercado de trabalho e organização da vida profissional, familiar e pessoal; e, Consolidação da intervenção no domínio da Violência Doméstica.
 
São de destacar, em sede deste plano, a concretização de algumas medidas, nomeadamente: A nomeação de dois Conselheiros Locais para a Igualdade, para as componentes externa e interna, aos quais compete, em termos de atribuições, acompanhar e dinamizar a implementação das políticas locais, para a cidadania e a igualdade de género; A dinamização de uma rede de acompanhamento de casos de Violência Doméstica e de Género, integrada na Rede Social de Oeiras; e, o apoio ao funcionamento do Balcão para a Igualdade de Género, sob gestão da Associação Portuguesa para a Solidariedade e Desenvolvimento, entidade que assegura o atendimento de vítimas e agressores.