Oeiras aprova orçamento de 121,5 milhões de euros para 2015

Oeiras aprova orçamento de 121,5 milhões de euros para 2015

A Assembleia Municipal de Oeiras aprovou hoje o orçamento municipal para 2015 no valor de 121,501 milhões de euros, o que representa uma redução de 4,45 por cento em relação ao de 2014.

A proposta foi aprovada com os votos favoráveis do movimento independente Isaltino Oeiras Mais À Frente (IOMAF) e do PSD e os votos contra do CDS-PP, PS, CDU, PAN e BE.

Segundo o deputado socialista Pedro Almeida, "este orçamento não atendeu as necessidades sociais do concelho" e "ignorou" o pacto social de emprego proposto pelo PS.

Também a CDU disse ter "muitas dúvidas" sobre o projeto proposto pelo executivo e mostrou "receio" de a autarquia vir a ter "graves encargos financeiros no futuro".

Na apresentação do orçamento municipal, Paulo Vistas destacou hoje alguns investimentos, como o centro de saúde de Carnaxide, que custará dois milhões de euros, e a conclusão do Parque dos Poetas, orçada em três milhões de euros.

Segundo o autarca, será ainda gasto 1,6 milhões de euros na requalificação do espaço público e 722 mil euros na requalificação de equipamentos escolares.

A área social continua a ser a prioridade de governação, à qual estão destinados cerca de 700 mil euros para o Fundo de Emergência Social, a continuação da medida de comparticipação nas despesas com medicamentos para os idosos e o Fundo Europeu de Ajuda a Carenciados.

Entre os investimentos previstos para as Instituições Particulares de Solidariedade Social está prevista uma verba de 600 mil euros para a construção do Centro Comunitário Nossa Senhora da Barra / Paróquia de São Julião da Barra, para as novas igrejas de Miraflores e de Outurela e, também, para o Centro Social de São Romão de Carnaxide.

Ambiente, Educação e Saúde são também áreas prioritárias para o município.