Novo Toyota Yaris: Tecnologia híbrida apurada

Novo Toyota Yaris: Tecnologia híbrida apurada
É um dos modelos da Toyota com maior sucesso na Europa, representando cerca de 25 por cento das vendas da marca nipónica. O Toyota Yaris entrou na sua quarta geração com mais de 900 novos componentes face à versão anterior, o que implicou um investimento de 90 milhões de euros para desenvolver o único modelo do segmento B que apresenta completo sistema híbrido.
 
Apesar da motorização 1.0 VVT-i, de 69 cv, mais acessível em termos de preço final (14.205€), é no Yaris 1.5 VVT-i Hybrid que estão depositadas todas as apostas da Toyota para concorrer directamente com as opções diesel que ainda subsistem neste segmento. 
 
O sistema híbrido, de motor a gasolina combinado com sistema eléctrico com autonomia para 2 km, permite uma potência combinada de 101 cv e consumos verdadeiramente espectaculares.
 
Tirando partido da travagem regenerativa e se educarmos o pé que acelera, é possível prolongar a circulação em modo eléctrico por mais tempo, baixando consideravelmente o recurso ao motor de combustão.
 
Num teste efectuado durante a apresentação internacional do modelo, nos arredores de Amesterdão, em estradas sem declive, foi possível registar consumos combinados de 3,4 l/100 km, muito próximos dos 3,3 apontados pela marca.
 
Podemos optar por dois modos de condução: Eco e EV (totalmente eléctrico).
 
 
Com caixa CVT bem adaptada às suas características, este Yaris permite uma condução suave e silenciosa, com o conforto a bordo a surpreender pela positiva. 
 
No interior sobressai o novo desenho do tablier, mais moderno e configurável com a cor do carro, bem como a qualidade dos materiais  e a ergonomia cuidada. 
 
Nesta opção híbrida, o nível de equipamento é muito completo desde a entrada na gama, com destaque para o sistema de segurança (Safety Sense), o qual inclui travagem de emergência, reconhecimento de sinais, aviso de saída involuntária da faixa de rodagem e luzes máximas automáticas.
 
A isto junta-se o já conhecido sistema multimédia e muitos outros itens que ganham expressão na versão Square Collection, que se distingue pelo tejadilho preto e por várias combinações de cor, embora com preço mais elevado (21.730€). 
 
Mesmo assim, uma excelente e compensadora alternativa aos populares modelos diesel .
 
 
Paulo Parracho
 
Saiba mais sobre este modelo: