Novo romance de João Ricardo Pedro, 'Um postal de Detroit', é editado terça-feira

Novo romance de João Ricardo Pedro, 'Um postal de Detroit', é editado terça-feira
“Um postal de Detroit”, o novo romance de João Ricardo Pedro, autor vencedor do Prémio LeYa, em 2011, que recorda o acidente ferroviário de Alcafache, em 1985, chega às livrarias na terça-feira, informou a editora.
 
“O autor, que com o romance de estreia ‘O teu rosto será o último', foi finalista do Prémio Sinbad-Città di Bari, em Itália, recorda neste novo título, o grande acidente ferroviário que, em 1985, aconteceu próximo do apeadeiro de Alcafache, [na Beira Alta] do qual resultaram vários mortos, uma série de vítimas e desaparecidos”, disse à Lusa fonte das Publicações D. Quixote, que chancelam a obra.
 
Este foi “o maior acidente da história dos caminhos-de-ferro portugueses”, afirmou a editora.
 
A apresentação do novo romance do autor de 42 anos, recorda o ponto de partida da obra: "Algumas das vítimas mortais, presas nas carruagens a arder, nunca chegam a ser identificadas", assim, "no dia seguinte, a mãe de Marta", irmã do narrador, "recebe um inesperado telefonema informando que a mochila da filha – estudante de Belas-Artes – aparecera entre os destroços”.
 
“Partindo dos cadernos de desenho de Marta – uma espécie de diários visuais que espelham um quotidiano tão depressa sórdido como maravilhoso –, o narrador deste romance tenta recriar os passos da irmã, nos tempos que antecederam o acidente”.
 
Enquanto o faz, o narrador “dá-nos a conhecer um leque de figuras absolutamente inesquecíveis, entre as quais se contam prostitutas, boxeurs, polícias e assassinos, mas também anjinhos de procissão, médicos e senhoras da caridade, e, claro, ele próprio: o mais ausente dos cadernos de Marta”.
 
Outra fonte editorial salientou à Lusa a “grande expectativa com que é aguardado este título”, de um autor que, para ocupar o tempo enquanto estava desempregado, escreveu o romance “O teu rosto será o último”, com o qual arrecadou o Prémio LeYa, no valor de 100.000 euros.
 
O seu romance de estreia vendeu cerca de 40.000 exemplares e foi traduzido, entre outros países, em França, Espanha, Alemanha, Holanda, Itália e China, de acordo com a editora.
 
Natural da Reboleira, Amadora, João Ricardo Pedro é licenciado em Engenharia Eletrotécnica, pelo Instituto Superior Técnico, de Lisboa, tendo trabalhado mais de dez anos em telecomunicações.
 
Depois de alguns contos publicados em revistas e jornais, “Um postal de Detroit” é o segundo romance do autor.