Novo Mercedes Classe A: Expectativas superadas

Novo Mercedes Classe A: Expectativas superadas

Qualquer semelhança entre o novo Classe A e as duas anteriores gerações é pura coincidência. Desta vez, a Mercedes caprichou de forma a lançar num mercado um modelo com todas as características para se tornar num sucesso comercial. Até porque, sem perder o estatuto “premium”, este é o Mercedes mais acessível do mercado, rivalizando em termos de preço (disponível a partir de 27 900 euros) com as melhores propostas do segmento C.

O estilo mais jovem e dinâmico, a roçar mesmo o desportivo, torna o Classe A num carro francamente bonito. As manifestações de agrado que registámos durante os dias de teste ao novo modelo são prova disso. Mas, para além da nota máxima em termos de imagem, há outros atributos que distinguem o Classe A, nomeadamente a habitual robustez e qualidade de montagem da marca, a escolha cuidada dos materiais e o desenho dos interiores, o conforto e o espaço para passageiros, bem como o excelente nível de equipamento disponível. Aqui, referência para a inclusão de dispositivos até agora só disponibilizados em gamas superiores, tais como o 'Collision Prevention Assit', que previne uma possível colisão até aos 130 km/h, alertando o condutor para obstáculos ao mesmo tempo que aumenta a resposta da travagem, o alerta de fadiga do condutor, ou a ajuda ao arranque em subida, para além dos indispensáveis controlos de estabilidade e de tracção e do sistema 'Eco start/stop'.

A versão A180 CDI testada pelo JR incluía ainda diversos extra, no valor de seis mil euros, como o tecto panorâmico em vidro (894€), sistema de estacionamento activo (691€), faróis Bi-xenon (772€), entre outros.

Com um desenho irrepreensível, as jantes de 18'', tornam o A180 ainda mais bonito, mas penalizam de alguma forma o conforto em pisos mais irregulares. Em contrapartida, o equilíbrio do chassis, aliado a uma suspensão eficaz, proporciona curvas seguras e de trajectórias bem definidas.

Falta falar do motor 1.5 dCi de origem Renault. Sim, isso mesmo! Para quem tem preconceitos, este pode ser um 'handicap', mas percorridos os primeiros quilómetros só por má vontade se pode criticar a opção da Mercedes, que desta forma conseguiu dotar o A180 de um propulsor já com provas dadas nos capítulos da eficiência, economia e fiabilidade. Os 109 cv e 260 N.m de binário são mais do que suficientes para uma utilização racional do A180 e a média final de 5,6 l/100 km registada durante o nosso teste é mais um dos pontos positivos a registar.

Paulo Parracho

 

Fique a conhecer o novo Classe A, com os dados da marca:

 

O design e o dinamismo são características óbvias do novo Classe A logo à primeira vista, dado que se encontra 18 cm mais perto do chão do que o seu antecessor. O design novo e radical recebido com entusiasmo após a sua primeira aparição enquanto "Concept Classe A" foi rigorosamente aplicado no modelo de produção. Com uma interpretação renovada do two-box design, os designers da Mercedes criaram um exterior emotivo com um vincado toque desportivo. "Aplicar o novo estilo dinâmico da Mercedes-Benz à classe dos compactos foi um desafio de que desfrutámos ao longo de todo o processo", revela Gorden Wagener, Diretor de Design da Mercedes-Benz. "As linhas quase esculturais do Classe A são típicas da Mercedes-Benz. As linhas características, sobretudo as laterais, concedem ao Classe A estrutura e tensão".

 

Quanto ao design interior, o objetivo era complementar a aparência desportiva do exterior. Além disso, este automóvel transmite uma sensação de elevada qualidade única neste segmento, resultado do design e da seleção e combinação dos materiais de alta qualidade incorporados no veículo. Tal como divulgado no Concept Classe A, uma das opções permite a completa integração de um smartphone no sistema operativo e no monitor. É ainda disponibilizada uma aplicação especial que possibilita utilizar todas as funções do iPhone® no automóvel. A seu tempo, esta opção estará disponível para todos os smartphones.

 

Todas as superfícies possuem um acabamento cromado em "silver chrome", resultando numa superfície metálica com efeito "cool touch". "Este é apenas um exemplo da forma como a qualidade do interior do Classe A não é definida por elementos clássicos, mas sim pelo design consistente e pelos materiais utilizados", afirma Hartmut Sinkwitz, Diretor do Design Interior. "O lema utilizado enquanto desenhávamos o interior era 'pura desportividade, novamente interpretada'".

 

Os destaques visuais incluem, por exemplo, as saídas de ar, que se destacam como "jóias reluzentes" (Sinkwitz), realçando a qualidade excecional do interior. O caráter desportivo do veículo é ainda mais enfatizado pelos bancos integrais (equipamento opcional) à frente. O banco traseiro possui uma aparência igualmente desportiva e tem capacidade para três passageiros.

 

Além das especificações base, que podem ser personalizadas com uma variedade de opções, estão disponíveis linhas de design e equipamento compostas a pensar nos requisitos dos clientes: "Style", "Urban" e "AMG Sport".

 

A estreia mundial do novo Classe A (comprimento/largura/altura: 4292/1780/ 1433 milímetros) terá lugar no Salão Internacional de Genebra (8 a 18 março 2012). A comercialização deste modelo terá início no 3º trimestre de 2012.

 

 

Exclusividade desportiva: o Classe A Sport apresenta uma nova definição de dinamismo

Pela primeira vez, os especialistas da AMG envolveram-se no desenvolvimento desta classe compacta desde o primeiro momento. O resultado é a versão mais dinâmica do novo modelo – o Classe A Sport 'engineered by AMG', cuja semelhança visual com o Concept Classe A é visível – sobretudo no que toca à nova grelha em diamante. O Classe A Sport está equipado com jantes em liga leve exclusivas AMG de 5 raios e 18”, juntamente com pneus 235/40 R18. A tonalidade preta com acabamento de alto brilho é conjugada com as pinças em tons de vermelho, que simbolizam as características de condução dinâmica do A 250 Sport e do A 220 CDI Sport. Estas duas motorizações distinguem-se, entre outros fatores, por um eixo dianteiro especial desenvolvido pela AMG e pela suspensão desportiva.

 

As saias AMG dianteira e traseira em vermelho realçam a expressividade do novo modelo. O contraste entre a tonalidade preta e os detalhes adicionais em vermelho mantém-se no interior: as costuras contrastantes decorativas no volante e nos bancos apresentam esta mesma tonalidade brilhante, tal como os cintos de segurança. A iluminação ambiente do painel de instrumentos e os círculos em redor das saídas de ar são, igualmente, vermelhos.

 

Motorizações: novos motores a gasolina e a Diesel

Estão disponíveis diversos motores a Diesel e a gasolina que correspondem a qualquer requisito em termos de performance - ao mesmo tempo, apresentam a mais recente tecnologia aplicável no que toca à eficiência: pela primeira vez, um automóvel da Mercedes-Benz terá emissões de apenas 99 g de CO2/km.

 

A amplitude de potência da nova geração de motores a gasolina, de 1.6 e 2.0 litros, varia entre os os 90 kW (115 cv) no A 180 e 115 kW (156 cv) no A 200 e os 155 kW (211 cv) debitados pelo A 250. Todos têm um fator em comum: a combinação de injeção direta com um turbocompressor, um processo de combustão mais avançado e uma ampla diversidade de estratificação do sistema de controlo da câmara de combustão, com base no rápido funcionamento dos injetores para uma injeção múltipla do combustível e para uma ignição multi-spark. CAMTRONIC é uma inovação que terá a sua estreia mundial no motor de 1.6 litros: o ajuste da abertura da válvula no lado da admissão restringe a quantidade de mistura utilizada na carga parcial, reduzindo, desta forma, os consumos.

 

Os motores a Diesel também apresentam um elevado nível de eficiência e compatibilidade ambiental, graças à sofisticada tecnologia de injeção e turbocompressor. O A 180 CDI debita 80 kW (109 cv) de potência e resulta num binário máximo de 250 Nm, enquanto o A 200 CDI debita 100 kW (136 cv) e cujo binário atinge os 300 Nm. O A 220 CDI está equipado com um motor de 2.2 litros, com uma potência de 125 kW (170 cv) e 350 Nm de binário, permitindo uma performance absolutamente excecional do Classe A.

 

Todos os motores do Classe A estão equipados, de série, com a função ECO start/stop. Podem ainda ser conjugados com a nova caixa manual de seis velocidades ou, opcionalmente, com a transmissão automática 7G-DCT de dupla-embraiagem.

 

Outros destaques: suspensão, aerodinâmica, segurança

A dinâmica de condução que o design e as motorizações deixam antever é complementada pela suspensão. Para tal, o centro de gravidade tornou-se mais baixo e foi incorporado no veículo um novo eixo traseiro de 4 braços; estas alterações permitem ainda a instalação da tração integral 4MATIC. Os clientes podem selecionar diversas configurações da suspensão, tal como a suspensão desportiva opcional com sistema Direct-Steer. A direção eletromecânica do Classe A foi completamente redesenhada, fazendo com que o motor elétrico de assistência hidráulica esteja agora posicionado diretamente na caixa de direção, sob a forma de uma compacta e extremamente precisa caixa EPS de pinhão duplo.

 

A sua excecional performance aerodinâmica, com um novo valor recorde de 0.26 Cd, coloca o Classe A no topo da sua classe. O spoiler traseiro de série também contribui para este fator, ao mesmo tempo que oculta todas as antenas instaladas no Classe A.

O Classe A é o único veículo da sua classe que inclui no equipamento de série um sistema de alerta de colisão baseado em radar com Brake Assist, reduzindo o risco de colisões na traseira do veículo. O sistema COLLISION PREVENTION ASSIST emite um sinal visual e acústico de forma a alertar o condutor para a existência de obstáculos identificados, preparando o Brake Assist para a aplicação de travão mais precisa possível. Esta aplicação inicia-se assim que o condutor pressionar firmemente o pedal do travão.

 

O sistema de proteção de ocupantes PRE-SAFE® está disponível pela primeira vez no Classe A. Esta inovação, que teve a sua estreia no Classe S, em 2002, foi adaptado pela primeira vez nesta classe compacta. Entre as principais características do sistema PRE-SAFE® destacam-se os tensores reversíveis dos cintos de segurança, o fecho automático das janelas e do teto de abrir e o ajuste dos bancos dianteiros totalmente elétricos com função memória, de forma a posicionar os passageiros de forma ideal para a máxima eficácia dos sistemas de retenção. O PRE-SAFE® é ativado sempre que seja necessário responder a dinâmicas críticas a nível longitudinal e lateral, podendo também ser ativado por intervenção de algumas funções de assistência.

 

A democratização da segurança engloba diversos outros sistemas de assistência, integrados agora no Classe A. Estes sistemas incluem:

ATTENTION ASSIST (de série);

Função Brake HOLD (de série);

Assistente Hill-Start (de série);

DISTRONIC PLUS;

Sistema adaptativo das luzes de máximos;

Assistente de Ângulo Morto e Assistente de Faixa de Rodagem;

Assistente de Limite de Velocidade;

Assistente de estacionamento ativo;

LINGUATRONIC;

Camera de marcha-atrás

 

O design mais progressivo da Classe compacta

A aparência do novo Classe A reflete a nova estratégia da Mercedes-Benz em termos de design. O resultado é o chamado two-box design, com uma marca distinta, um exterior desportivo e emotivo e uma sensação excecional de elevada qualidade no interior.

As extremidades definidas e as superfícies tensas caracterizam o design exterior do novo Classe A. A interação constante entre planos côncavos e convexos criam um jogo de luz, sobretudo nas laterais do automóvel, contribuindo para a sua aparência única.

Na dianteira longa e desportiva destacam-se a nítida forma em V, os faróis separados, a grelha do radiador, cujo centro ostenta a estrela da Mercedes-Benz, as persianas duplas em ambos os lados da estrela e as entradas de ar adicionais nas laterais. A linha descendente na lateral do automóvel dispersa-se em direção à zona dianteira. O design dos faróis, juntamente com a configuração das funções de iluminação incluídas, é um elemento chave do conceito de design.

 

Os módulos de iluminação e as luzes de LED por trás da tampa de vidro dos faróis foram organizados de forma a criar o característico “efeito brilhante” para as luzes diurnas e os piscas. Este “brilho” resulta da linha característica no farol, dos módulos LED para as luzes diurnas e dos conjuntos de lâmpadas para os piscas. Esta assinatura concede ao veículo uma aparência energética e representa um lado novo e jovem da Mercedes-Benz.

 

A conjugação perfeita do design dinâmico e a excelente aerodinâmica é particularmente visível no tejadilho, com superfícies suaves e uma linha tensa em forma de arco. A silhueta revela linhas suaves e fluentes, que terminam numa extremidade plana. O spoiler, que convenientemente oculta todas as antenas, concede ao veículo um toque desportivo adicional e estrutura à zona do tejadilho. A linha central sobe em direção à traseira para formar uma visível forma de cunha. A vista lateral distingue-se pelos esculturais e atrativos painéis e pelas linhas características. A extremidade dianteira estrutural, acima da asa, flui numa “linha descendente” em forma de arco em direção à traseira. O ar musculado e poderoso sobre o eixo traseiro realça o estilo coupé. Próximo do arco das rodas traseiras tem origem uma outra linha característica, que se esbate suavemente. Todas estas linhas conferem profundidade e dinamismo ao perfil deste automóvel. Os painéis laterais dinâmicos dão o toque final em direção à parte inferior, aumentando o visual elegante e ágil.

 

O destaque da extremidade traseira revela-se através da interação entre superfícies e extremidades convexas e côncavas. As luzes traseiras seguem a linha das bermas musculadas em direção à traseira, enquanto a sua orientação horizontal realça a forte largura deste modelo. As funções de luz resultam da utilização de cabos de fibra ótica e módulos LED. Também aqui é visível a interação entre design e aerodinâmica: o acabamento da superfície traseira não se revela apenas uma característica interessante do design, mas também melhora a circulação de ar na zona circundante do automóvel graças aos extratores de ar incorporados na zona traseira.

 

Interior: ótima sensação de elevada qualidade e aplicação consistente de design

A sensação de elevada qualidade e a desportividade deste automóvel continuam no interior. Ambos os objetivos foram alcançados graças a um ideal de design e às diversas combinações possíveis com os materiais selecionados de alta qualidade. Todos os elementos decorativos possuem um acabamento cromado com efeito "cool touch". Este trabalho foi executado com todo o cuidado e minúcia para que todas as peças possuam uma aparência consistente.

 

O painel de instrumentos encontra-se claramente dividido numa secção superior com perfil do tipo asa e numa secção inferior com grande influência estética. Desta forma, a secção superior aparenta ser apoiada por um “músculo”. O processo de fabrico utilizado para este “músculo” permite a criação de estruturas com diferentes superfícies e características suaves ao tato. Através da utilização de películas especiais com estruturas tridimensionais, é possível criar diversos acabamentos de superfície, que resultam num atrativo jogo de luzes. O painel de instrumentos apresenta cinco entradas de ar redondas, cujos círculos exteriores possuem um acabamento cromado de alta qualidade. A direção da circulação de ar é regulada por uma inserção que lembra uma turbina de avião, revelando uma atenção minuciosa ao detalhe. Também este pormenor possui um acabamento cromado em "silver chrome". O monitor sem apoio apresenta um painel frontal em piano lacado preto e uma moldura prateada perfeitamente ajustada.

 

O painel de instrumentos engloba dois mostradores amplos e redondos, tendo cada um deles um outro mostrador mais pequeno incorporado no interior. Quando o veículo se encontra desligado, os ponteiros, geralmente de cor branca, mantêm-se às 6 horas. No entanto, se optar pelo design e linhas de equipamento mais desportivos, como a Urban e a AMG Sport, os ponteiros são vermelhos; já os mostradores, adquirem uma tonalidade prata com efeito axadrezado. O volante de três raios ostenta 12 botões funcionais e um bisel cromado.

 

A cúpula central e a consola, bem como o posicionamento dos vários elementos – a unidade principal, o painel inferior, a unidade de controlo do ar condicionado, os compartimentos de arrumação, o botão de seleção rotativo e o apoia braços – refletem as descobertas dos peritos em ergonomia da Mercedes-Benz.

 

A grande diversidade de revestimento dos bancos, incluindo opções a nível de material (pele, tecido, Artico/tecido), conjugações de cores e até mesmo geometria, disponibilizam uma amplitude de opções de individualização. Os bancos desportivos com tensores de cabeça integrados, por exemplo, estão disponíveis como extra opcional com todas as linhas de equipamento e design. O caráter desportivo dos bancos é realçado pela abertura entre a extremidade superior do encosto do assento e o tensor de cabeça. Na parte de trás dos bancos dianteiros, esta abertura apresenta uma moldura em "silver chrome" e, quando em conjunto com o Pack Visibilidade, poderá ter também iluminação ambiente.

 

Além das especificações base, que podem ser personalizadas com uma variedade de opções, estão disponíveis linhas de design e equipamento compostas a pensar nos requisitos dos clientes: "Style", "Urban" e "AMG Sport".

 

 

 

Mercedes-Benz Classe A