Novo Mercedes-Benz ML: Todo-o-terreno em primeira classe

Novo Mercedes-Benz ML: Todo-o-terreno em primeira classe

Combinar o ambiente de uma limusina e aptidões mais do que evidentes para a prática do todo-o-terreno não parece tarefa fácil, mas a Mercedes-Benz conseguiu-o através do renovado ML. Um modelo cheio de contrastes e capacidade para se transformar à medida daquilo que o condutor desejar.
Ainda mais espaçoso e requintado do que a geração anterior, o ML, testado na versão 350 BlueTEC 4Matic, oferece um ambiente de autêntica primeira classe, possibilitando espaço e comodidade ao mais alto nível para todos os ocupantes. No interior não faltam pormenores de luxo e materiais nobres, seja nos bancos, nos revestimentos ou no tablier.
Ora, como já sabíamos que em estrada estavam reunidas todas as condições para uma viagem de alto nível, quisemos experimentar o ML fora dos percursos normais. Até porque, a versão testada pelo JR incluía o pacote “On&Offroad”, com seis programas de condução, seleccionáveis através de um comutador instalado na consola central, capazes de adaptar o ML a todas as situações possíveis e imaginárias: condução desportiva em estrada; neve, chuva ou gelo; terra; subidas ou descidas acentuadas; atravessamento de ribeiros ou reboque de atrelados e caravanas. A este ‘pack’ junta-se um outro, também fundamental para valorizar as aptidões TT do ML: o sistema de suspensão “Airmatic”. Oferece quatro opções de programação que adaptam a altura ao solo consoante as circunstâncias (do -1 para rodar em auto-estrada ao nível 3 para atravessar linhas de água). Estes dois opcionais elevam a factura final em cerca de 5 000 euros, mas garantem que o ML passa mesmo por cima de toda a folha.
Diga-se que a transmissão 4Matic é de série e funciona de forma inteligente, preferencialmente atrás, canalizando potência para as rodas dianteiras quando há necessidade disso.
Não menos importante é a poderosa motorização V6 de 3,0 litros turbodiesel, com 258 cv e um binário máximo de 620 Nm entre as 1600 e as 2400 rpm, a que se junta a caixa 7G Tronic, uma das melhores da actualidade, com patilhas de selecção sequencial no volante.
Para além de todas as competências, em estrada ou fora dela, associado ao sistema BlueTEC (que utiliza uma solução especial a reabastecer em cada 25 000 km) há uma garantia de redução de emissões poluentes e de consumos. A marca anuncia o cumprimento da norma EU6 e consumos na ordem dos 6,8 l/100 km, média que nunca conseguimos realizar. Andámos sempre entre os 8 e os 10 l/100 km, valores mesmo assim positivos para a dimensão, peso e potência de um modelo deste tipo.
O preço base do ML 350 BlueTEC 4Matic ronda os 83 mil euros, mas a versão testada, recheada de extras, tinha um preço de venda na casa dos 110 mil euros, dos quais 20 499 para ISV e 20 657 de IVA!!!
Mais em conta fica a versão ML 250, em que o V6 3.0 foi substituído por uma unidade propulsora de 4 cilindros, 2,2 litros e 204 cv e binário de 500 Nm/1600 rpm. Líder de vendas entre os SUV premium, tem um preço base na ordem dos 73 mil euros.
Paulo Parracho

Novo Mercedes-Benz ML