Novo Hyundai i30: Feito à medida do cliente europeu

Novo Hyundai i30: Feito à medida do cliente europeu
Experimentámos o novo Hyundai i30 e o resultado foi francamente positivo. Conheça este compacto familiar de origem sul coreana mas totalmente feito na Europa a pensar nos clientes europeus. 
 
Tal como nos vinhos, alguns dos testes comparativos de automóveis deveriam ser sujeitos a uma espécie de prova cega. Sem símbolos ou identificativos de marca, seriam testados em condições idênticas vários modelos do mesmo segmento. Só depois da avaliação, o condutor ficaria a saber quais os veículos ensaiados. Sem estigmas ou simpatias por este ou aquele construtor, o resultado seria, certamente surpreendente...
 
Este introito serve apenas para dizer que sem a influência do preconceito que ainda reina entre nós, o novo Hyundai i30 teria todas as qualidades para ser um sucesso de vendas entre os familiares compactos do segmento C. A marca sul-coreana está cada vez mais europeia e a terceira geração do seu modelo talismã, pensada, desenhada e fabricada no velho continente, é exemplo disso.
 
O novo i30 está maior e mais largo que o antecessor e estreia novo chassis (o mesmo do Ioniq) feito à base de aço de elevada rigidez mas com menos peso. 
 
O design revela o novo ADN e o estilo introduzido pela marca  para cativar os clientes europeus. Com grupos óticos de traço fino (de tecnologia LED em todas as funções), nova grelha em cascata, capot longo e plano, assume um estilo clássico mas também moderno e dinâmico.
 
No interior, o novo i30 também ganha pontos face à concorrência mais directa, em especial no que toca ao espaço para passageiros e bagagem e ao conforto proporcionados, bem como ao excelente nível de equipamento de que dispõe, melhorado ainda com a campanha de lançamento anunciada pelo importador português. Ou seja, na versão base, é possível encontrar itens como os sensores de estacionamento, ar condicionado automático bi-zona, carregador de telemóvel wireless, jantes de de 17'' e os tais faróis Full LED de que já falámos. 
 
No centro do tablier sobressai o ecrã táctil de 5 ou 8'', com sincronização a smartphones (Apple ou Android). Na versão superior, encontramos ainda câmara de estacionamento e sistema de navegação.
 
Para além disto, o novo i30 é o primeiro modelo da Hyundai a receber o sistema de alerta de fadiga de condutor, que se junta, entre outros, ao cruise control inteligente, alerta de ângulo morto, travagem autónoma de emergência e ainda um sistema de manutenção da faixa de rodagem tão preciso que permite tirar as mãos do volante por alguns segundos sem que o carro saia da trajectória.
 
Quanto a motores, para além das opções a gasolina 1.0 T-GDI de 120 cv e 1.4 T-GDI de 140 cv, as versões diesel estão assentes no bloco 1.6 CRDI de 95, 110 e 136 cv.
 
Experimentámos a versão diesel intermédia (110 cv) e o resultado foi francamente positivo: motor competente e bastante económico, em todos os tipos de utilização.
 
Paulo Parracho
 
                                             2017 02 10 Novo Hyundai i30 galardoado com o Prémio iF Design.pdf (264927)