Novartis inaugura novas instalações em Oeiras e afirma Portugal como importante centro de decisão

Novartis inaugura novas instalações em Oeiras e afirma Portugal como importante centro de decisão

A Novartis inaugurou as novas instalações do Grupo em Portugal, numa cerimónia presidida pelo Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva e que contou  ainda com a presença dos ministros da Saúde, Paulo Macedo, da Economia, António Pires de Lima e da Educação, Nuno Crato, do presidente da Câmara de Oeiras, Paulo Vistas,  e de David Epstein, membro do Comité Executivo da Novartis e CEO da Divisão Novartis Pharmaceuticals.

 

O novo edifício, inserido na Praça Central do Taguspark, Parque de Ciência e Tecnologia localizado em Oeiras, o primeiro a ser construído, em apenas dois anos, no âmbito do projeto de  desenvolvimento e revitalização, designado Praça Central do Taguspark,  integra no mesmo espaço, os cerca 320 colaboradores de todas as divisões da empresa. A nova sede do Grupo Novartis representou um investimento de 14 milhões de euros refletidos num compromisso de permanência a longo prazo no edifício promovido pela Taguspark,SA,  à medida das necessidades e requisitos da Novartis. Assinado pelo Arquiteto Frederico Valsassina, o novo edifício tem quatro pisos,  uma área de construção de 7.250m2 acima do solo, e estacionamento privativo com capacidade para 350 lugares.

 

No mesmo espaço ficam agora integradas as cinco empresas que constituem o Grupo Novartis e com presença em Portugal: Farma (medicamentos inovadores em áreas como oncologia, doenças cardiovasculares e metabólicas, respiratórias, neurociências, transplantes e doenças infeciosas); Vacinas (Prevenção); Sandoz (medicamentos genéricos); Consumer Health (medicamentos não sujeitos a receita médica); Alcon (cuidados oftalmológicos, cirúrgicos e farmacêuticos).

 

O Grupo Novartis tem respostas para todas as áreas dos cuidados de saúde. Este novo espaço permite fomentar as sinergias entre todas as empresas do Grupo para melhor respondermos às necessidades de saúde em Portugal refere Cristina Campos, Presidente do Grupo Novartis, Portugal e Diretora Geral da Divisão Farma. O novo espaço vem reforçar o compromisso da Novartis para com o futuro do nosso país, permitindo-nos reforçar a imagem e notoriedade da Novartis em Portugal, assumindo o país como um centro de decisão importante no seio da empresa.

 

Para além dos medicamentos e soluções inovadoras de saúde que a Novartis traz para o nosso país, a empresa tem desenvolvido uma forte área de investigação e desenvolvimento, trazendo um número crescente de ensaios clínicos para Portugal. O valor de investimento em atividades de I&D da Novartis em Portugal, em 2013, foi de 4.8 milhões de euros. Entre 2009 e 2013 assistimos a um aumento em mais de 70% no investimento da empresa em atividades de I&D  em Portugal. E se tivermos em conta que a empresa tem em desenvolvimento até 2018, 32 novas moléculas, 30 novas indicações e uma nova formulação a expectativa é que este compromisso se mantenha no futuro.

 

A integração de todos os colaboradores no mesmo espaço, permitirá à Novartis prestar um melhor serviço fomentando sinergias internas entre as diferentes divisões do Grupo e permitindo alcançar ganhos de produtividade a longo prazo, por exemplo através da utilização das várias salas de reuniões para realização de eventos internos e externos. Proporcionar uma melhor experiência de trabalho aos colaboradores, não só pelo espaço disponível mas também pelas condições do mesmo, usufruindo de luz natural e de maior privacidade, foi igualmente um objetivo da Novartis.

 

Considerada, em 2013 a 4 ª melhor empresa para trabalhar em Portugal no segmento de empresas com mais de 250 colaboradores, de acordo com o Great Place to Work Institute Portugal, a Novartis trabalha diariamente para disponibilizar aos seus colaboradores um espaço de trabalho de excelência que promova o seu bem-estar e um ambiente estimulante e motivante. No novo edifício todos os colaboradores trabalham em open space, usufruindo de luz natural em todo os postos de trabalho.

 

Fotos: Câmara Municipal de Oeiras