Nível anormal de concentração de ozono em Mem Martins

Nível anormal de concentração de ozono em Mem Martins

O nível normal de concentração de ozono foi ontem ultrapassado na estação de medição da qualidade do ar de Mem Martins, no concelho de Sintra, informou a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo.

Em comunicado, a entidade refere que foi registada uma concentração média horária de 193 microgramas por metro cúbico (µg/m3), entre as 18:00 e as 18:59, e de 195 µg/m3, das 19:00 às 19:59.

O valor de concentração de ozono definido como limiar de informação ao público é de 180 µg/m3.

Para os níveis de concentração observados em Mem Martins, o ozono pode provocar alguns efeitos na saúde, especialmente em crianças, idosos, asmáticos e pessoas com outras doenças respiratórias ou cardíacas.

A exposição ao poluente afecta, sobretudo, as mucosas oculares e respiratórias, "podendo o seu efeito manifestar-se através de sintomas como tosse, dores de cabeça, dores no peito, falta de ar e irritações nos olhos".