Natação portuguesa espera chegar às meias-finais dos Jogos Olímpicos

Natação portuguesa espera chegar às meias-finais dos Jogos Olímpicos

O sonho de chegar a uma meia-final foi um dos sentimentos partilhados pelo brasileiro Arthur Albiero, treinador da selecção portuguesa de natação pura, que vai participar nos Jogos Olímpicos de Londres.

“Nesta altura surge a oportunidade de fazer uma coisa inusitada e todos a desejamos muito que é chegar a uma meia-final”, afirmou o treinador brasileiro, que preparou os nadadores portugueses para esta competição.

Diogo Carvalho, nos 200 metros estilos, Ana Rodrigues (100 m bruços), Simão Morgado (100 m mariposa) e Tiago Venâncio (200 m livres), Sara Oliveira (100 e 200 m mariposa), Pedro Oliveira (200 m costas e 200 m mariposa) e Carlos Almeida (100 m bruços) são os nadadores que compõem a formação portuguesa.

“Queremos representar Portugal da melhor maneira possível. Eles estão muito bem preparados, fizeram um bom trabalho. Não só recentemente mas nos últimos quatro anos, aprenderam muito e adquiriram muita experiência internacional”, afirmou o treinador.

Confrontado com a possibilidade de ser encarado como o Luiz Felipe Scolari (antigo seleccionador português de futebol) da natação portuguesa, Arthur Albiero brincou com a situação.

“Scolari fez um trabalho maravilhoso aqui. Eu estou muito agradecido por estar aqui a fazer parte do grupo. O que eu puder fazer para ajudar é o objectivo número um", referiu.

Chefe de equipa, Rui Magalhães, disse que a selecção portuguesa “vai partir com as expectativas em alta, com aspirações a recordes nacionais”, mas sempre encarando a “possibilidade de se transcender e ultrapassar a fase de eliminatórias”.

“Chegar a uma final, no caso da natação, seria excelente. Foi algo que apenas um nadador conseguiu há uma série de anos atrás, mais precisamente em Los Angeles, o Alexandre Yokochi, portanto nesse particular é preciso um grande cuidado e uma final já era um resultado excelente”, defendeu o responsável.

Simão Morgado, com 33 anos, vai entrar para a história da natação portuguesa como o primeiro nadador a participar em quatro Jogos Olímpicos consecutivos, depois das presenças em Sydney2000, Atenas2004 e Pequim2008.

O nadador não quer traçar grandes objectivos mas promete “lutar pelo melhor lugar possível”.

“Vamos competir nas eliminatórias e só houve um português que passou nas eliminatórias, que foi o Alexandre Yokochi, portanto o atleta que conseguir nadar duas vezes a mesma prova conseguirá um feito enorme”, assinalou.