Nacional de Triatlo passou por Oeiras, com prova muito disputada

Nacional de Triatlo passou por Oeiras, com prova muito disputada

A Praia da Torre e a Estrada Marginal acolheu esta manhã a 5ª etapa do Campeonato Nacional de Clubes de Triatlo. Uma competição para a qual o C.D. "os Águias" de Alpiarça partia como líder e que, mercê de boas prestações dos seus atletas, resultou em nova vitória coletiva, com o consequente aumento de vantagem para os perseguidores imediatos: Garmin Olímpico de Oeiras e Sporting Clube de Portugal no sector feminino, e Sporting Clube de Portugal e Sport Lisboa e Benfica, no masculino.

Em termos indíviduais, a vitória masculina coube a Gil Maia, que já na corrida da prova conseguiu bater Vasco Pessoa e Ricardo Calado (ambos do CD "os Águias" de Alpiarça). No sector feminino, Pâmella Oliveira esteve quase sempre isolada na frente, mas no segmento de corrida chegou a ter a companhia da sua colega de equipa Ana Filipa Santos, para no final se voltar a isolar a vencer a terceira prova nacional na temporada 2012. Katarina Larsson (Sporting CP) completou o pódio feminino.

O programa desta 26ª edição arrancou com a disputa do chamado Oeiras TriChallenge Sport Life, uma prova disputada na distância Super-Sprint (300 metros de natação, 10Km de ciclismo e 2500 metros de corrida), na qual participaram cerca de três centenas de atletas.

A prova teve duas partidas distintas para que os atletas dos escalões de Juvenis e Cadetes tivessem a oportunidade de competir lado-a-lado, pela Seleção Nacional Youth que estará no Europeu de Holten, a disputar no final do mês de Junho. Cinco minutos depois da primeira partida, lançaram-se os demais atletas à àgua para cumprir este Oeiras TriChallenge Sport Life. 

Considerados os tempos dos atletas dos atletas de ambas as partidas, a vitória coube à dupla Luísa Condeço e David Luís (ambos do CD "os Águias" de Alpiarça). Nos lugares imediatos do pódio ficaram Vera Vilaça (Teleperformance - "os Belenenses") e Ana Ramos (CAPGE). Nos masculinos, Alexandre Nobre e Francisco Machado completaram o pódio.

Refira-se que, considerando apenas os atletas Juvenis e Cadetes (a primeira partida) os três primeiros classificados foram: Luísa Condeço, Vera Vilaça e Alexandra Santos (CD "os Águias" de Alpiarça). Nos rapazes, o primeiro a cruzar a linha de meta foi Miguel Cassiano (CD "os Águias" de Alpiarça), seguido de João Ferreira Pereira (GDR Manique de Cima) e José Felício (CN Rio Maior).

A 5ª etapa do Nacional de Clubes de Triatlo

A partida para a quinta ronda do Campeonato Nacional de Clube de Triatlo foi dada pelas 11.00, pela mão do Dr. Paulo Vistas, Presidente da Câmara Municipal de Oeiras. À àgua, para cumprir os 750 metros de natação desenhados na Praia da Torre, lançaram-se mais de 300 atletas que proporcionaram uma imagem única para o muito público, que apesar da chuva, se concentrava junto ao Passeio Marítimo.

No final do primeiro segmento surgia na frente Bruno Matheus (CD "os Águias" de Alpiarça), logo seguido pelos seus colegas de equipa Vasco Pessoa, Diego Paz e Ricardo Calado. Na frente estavam também João Amorim, Gil Maia (Clube dos Galitos) e Nuno Laurentino (SL Benfica).

O segmento de ciclismo, levou os atletas até Algés, ajudando a definir melhor os candidatos ao triunfo mas, ainda assim, a definição do vencedor só aconteceria num emocionante final a três: Gil Maia, Vasco Pessoa e Ricardo Calado. 
Apesar de ter cumprido os 5.000 metros de corrida quase sempre na frente, Gil Maia ainda encontrou mais um andamento que lhe permitiu distanciar-se de Vasco Pessoa na última curva do percurso. Com mais uma boa prestação, Ricardo Calado, completou o pódio.  

No sector feminino, Pâmella Oliveira distanciou-se da concorrência logo no segmento de natação. No entanto, a atleta brasileira que vem de uma vitória na Taça do Mundo de Huatulco, acabou por ficar sozinha ao longo dos 20Km de ciclismo, permitindo que o grupo perseguidor se aproximasse dela. Nesse grupo estavam as suas colegas de equipa Ana Filipa Santos e Sara Tenrinho e ainda a sportinguista Katarina Larsson.

Desta forma, tal como nos homens, a decisão da vencedora feminina também só aconteceu nos últimos metros. Ana Filipa Santos isolou-se na segunda posição e juntou-se à sua colega de equipa na frente da prova. Já no final Pâmella Oliveira voltou a acelerar, cruzando a meta com 4 segundos de vantagem sobre a colega de equipa. Katarina Larsson completou o pódio feminino. 

Texto e foto: Federação Portuguesa de Triatlo