Música à borla e fogo-de-artifício na passagem de ano em Lisboa, Almada e Cascais

Música à borla e fogo-de-artifício na passagem de ano em Lisboa, Almada e Cascais
A  já tradicional festa de passagem de ano no Terreiro do Paço, em Lisboa, é este ano denominada UP Lisboa 2014. Com animação a cargo de Herman José e do dj André Henriques, a festa promete não desiludir, incluindo o habitual fogo-de-artifício à meia-noite,
 “Arco Iris sobre o Tejo”,  acompanhado ao ritmo de uma banda sonora especialmente concebida para entrar em 2014. 
Depois, Pedro Abrunhosa e o Comité Caviar sobem ao palco para “atacar” os seus maiores sucessos e o mais recente “Contramão”. Dança e diversão serão palavras de ordem da noite mais longa do ano.

Amor Electro no Casino Lisboa 

Considerada uma das melhores bandas nacionais da actualidade, os Amor Electro são os grandes protagonistas do Réveillon do Casino Lisboa. Meia hora depois da chegada de 2014, Marisa Liz sobe ao palco central do Arena Lounge para apresentar os melhores temas do novo álbum “(R)evolução” e redescobrir outros êxitos bem conhecidos do público.
Num ambiente festivo, a banda Dynamite Gang inicia, às 22h30, o programa de Réveillon do Casino Lisboa. A celebração da meia-noite promete ser inesquecível, estando reservadas várias surpresas para assinalar, da melhor forma, o Ano Novo. Após o concerto dos Amor Electro, será a vez do Dj António Coimbra seleccionar, a partir das 02h00, os ritmos ideais que asseguram a animação pela madrugada dentro. A entrada é livre.

Fogo-de-artifício entre Almada, Lisboa e Cascais

O réveillon oferece um espetáculo de pirotecnia visível nas duas margens do Tejo, em Lisboa e Almada (Cacilhas).   
“O que propomos para esta noite é um espetáculo que se destaca pela vertente colorida, com diferentes níveis envolvendo toda a área do Terreiro do Paço e Rio Tejo e acima de tudo, muito criativo e surpreendente”. Esta é a garantia dos designers do Grupo Luso Pirotecnia, revelada pela própria empresa responsável pela conceção técnica do espetáculo.
 
Em Cascais revive-se a tradição do fogo-de-artifício junto à Baía.  O espetáculo é realizado em parceria com a Câmara Municipal de Cascais, Associação Empresarial e Hoteleiros do concelho e decorre em substituição do que esteve programado para as Festas do Mar e que, por razões de segurança, não pôde ser realizado. Cumpre-se, desta forma, o contrato consagrado nessa altura.