Museu de Arte Moderna passa a chamar-se Casino de Sintra

Museu de Arte Moderna passa a chamar-se Casino de Sintra

Casino de Sintra. É assim que doravante se irá novamente chamar o edifício onde esteve instalado o Museu de Arte Moderna. A Câmara Municipal de Sintra decidiu hoje, em reunião do Executivo, devolver o nome original a um dos mais emblemáticos espaços do concelho.

Com construção concluída a 27 de Julho de 1924, o Casino de Sintra representava uma nova dinâmica de expansão urbana, iniciada em finais do Sec XIX com a construção da linha de caminho de ferro. Obra do arquitecto Norte Júnior, era constituído por um salão de exposições, outro de bailes/ festas e ainda um mais pequeno para leitura e repouso de jogador.

Durante anos, tempos de glória e glamour, foi espaço de recitais de poesia, de soirés dançantes, chás e jantares-concerto, comemorações oficiais ou entrega de prémios.

Remodelado na década de 40, é adquirido na de 50 pela Câmara de Sintra que aqui pretendia instalar serviços administrativos, decisão que viria a dividir os sintrenses. Após anos de polémica, é finalmente reutilizado como Liceu, Repartição de Finanças, de Registo Civil e, mais tarde, Museu de Arte Moderna, onde acolheu até há cerca de um ano parte da Colecção Berardo.