Ministro Mota Soares na abertura do concurso internacional de vinhos 'La Selezione Del Sindaco'

Ministro Mota Soares na abertura do concurso internacional de vinhos 'La Selezione Del Sindaco'

O Ministro da Solidariedade, Emprego e Segurança Social marcou hoje presença na abertura do XIV Concurso Internacional de Vinhos “La Selezione Del Sindaco”, que decorrerá até ao próximo domingo, dia 31 de maio, no Palácio do Marquês de Pombal, em Oeiras.

Acompanhado pelo Presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Paulo Vistas, e pela Adida Comercial da Embaixada de Itália, Cinzia Buraglini, Pedro Mota Soares visitou as várias salas do Palácio oeirense onde decorre o evento e aproveitou para provar alguns dos vinhos a concurso.

“LA SELEZIONE DEL SINDACO” é um concurso enológico único no seu género que prevê a participação conjunta de produtores e de municípios onde os vinhedos estão localizados, que visa estimular a produção de vinhos de qualidade, baseados na tradição secular da cultura do vinho em determinado território e a promoção dos mesmos num pacto de aliança entre produtores e municípios (área onde se insere a produção). A participação está reservada aos vinhos de qualidade (DOCG, DOC, IGT) produzidos em pequenos lotes (até 50 mil garrafas). O Brasil é o país convidado desta edição do “Sindaco” que conta com cerca de 1000 vinhos a concurso avaliados por um júri composto por 80 enólogos provadores e jornalistas do setor enogastronómico oriundos de diversos países.

Realizado pela primeira vez fora de Itália, a escolha recaiu em Oeiras, por sugestão da Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) e pelas entidades que tradicionalmente o organizam, a Associação Nacional “Cittá del Vino” e a RECEVIN (Rede Europeia das Cidades do Vinho). Realce ainda para o facto do Município de Oeiras ser o produtor do Vinho que, até à data, recebeu a pontuação mais alta em todas as edições do concurso. Em Lamezia Terme (2012) o “Conde de Oeiras”, lote de 2012, foi agraciado na edição desse ano com a Grande Medalha de Ouro, tendo alcançado uma pontuação de 93.6 pontos.

Esta prova enológica que vai distinguir os melhores vinhos oriundos de diversos países, entre os quais 400 são portugueses, é coordenada por Mário Louro e distingue-se por considerar a participação conjunta de produtores e de municípios onde os vinhedos estão localizados.

O concurso conta com a presença de 80 provadores internacionais que vão apreciar, ao longo dos próximos três dias, as amostras de mais de 1000 vinhos através de um software especificamente criado para o efeito. Mário Louro, diretor técnico da edição de Portugal do “La Selezione Del Sindaco”, destaca a pertinência deste evento sublinhando “que o seu cariz internacional permite o desenvolvimento de sinergias entre os países participantes que poderão ser benéficas para alavancar as vendas dos produtores envolvidos”.