Mercedes-Benz instala em Sintra centro de serviços partilhados europeu

Mercedes-Benz instala em Sintra centro de serviços partilhados europeu
A Mercedes-Benz vai instalar em Portugal, em Sintra, um centro de serviços partilhados a nível europeu de apoio ao pós-venda a partir de julho, anunciou hoje o presidente da empresa, Joerg Heinermann.
 
Em conferência de imprensa em Lisboa, o presidente da Mercedes-Benz Portugal disse que a decisão foi tomada pela Daimler, detentora das marcas Mercedes-Benz e Smart, em dezembro passado, sendo que o novo centro ficará instalado na sede da empresa, em Sintra, e contará com 25 a 30 pessoas inicialmente.
 
Joerg Heinermann - que está de saída de Portugal para ser substituído a partir de 01 de março por Niels Kowollik, ex-presidente da empresa na Polónia - explicou que o centro de serviços partilhados vai prestar apoio às oficinas europeias autorizadas a partir de julho.
 
Segundo o responsável, a opção por Portugal teve a ver com a "qualidade das pessoas" em termos profissionais mas também pelos custos mais baratos da mão-de-obra.
 
"Os custos de mão-de-obra não foram, no entanto, fundamentais porque se o fossem a opção seriam países da Europa de Leste", justificou Joerg Heinermann.
 
O presidente da Mercedes-Benz destacou ainda que o grupo Daimler vai continuar a apostar em Portugal, dando como exemplo o atual programa de estágios que a empresa está a oferecer aos mais jovens, um projeto em conjunto com o Instituto do Emprego e Formação Profissional e que desafiou outras marcas de automóveis a juntarem-se.
 
No ano passado, a Mercedes-Benz atingiu a liderança de vendas no segmento 'premium' em Portugal, ultrapassando a BMW e a Audi ao vender 13.525 carros, registando um crescimento de 32%, acima da média do mercado português, que atingiu os 25%.