Mercado Medieval no Forte de Oitavos

Mercado Medieval no Forte de Oitavos

No âmbito das comemorações 648.º aniversário da elevação de Cascais a Vila, também o Forte S. Jorge de Oitavos está em festa no âmbito de mais duas iniciativas da Câmara Municipal de Cascais. De 7 a 10 de Junho, o forte seiscentista acolhe um mercado da época de D. Pedro e D. Inês de Castro. No dia 13 de Junho, no forte há lugar para um mercadinho de Santo António. Nos feriados de 7, 10 e 13 de Junho, o mercado funciona todo o dia. No restante período as actividades decorrem à tarde.

Ao cruzar os portões do Forte de S. Jorge de Oitavos, os visitantes podem esperar actividades típicas de um mercado recriado à época medieval: bancas de ervas, chás, queijos, bolos de erva-doce, enchidos, pão com chouriço, sangria, frutos secos, azeitonas e tremoços. Bancas que concorrem lado a lado pelo interesse dos clientes com as bancas de tarot e de adivinhação.

De 7 a 10 de Junho e no dia 13 de Junho o forte vai, assim, viver em plena euforia com a actuação dos saltimbancos e malabaristas e jogos como o chinquilho, arremesso e argolas. Porque também era costume nessa altura, cirurgião barbeiro vai mostrar a sua arte nesta festa.

Ao programa festivo nos diferentes dias juntam-se várias recriações históricas asseguradas pelo grupo Lua Singular, que reforçam o interesse na visita com destaque, entre 7 e 10 de Junho para a chegada do rei D. Pedro I e de D. Inês, duas figuras muito estimadas da história de Portugal. Dia 13, a principal recriação histórica vai para o roubo da figura de Sto. António pelos franceses e seu resgate, seguida de vários quadros da vida de Sto. António, Marcha de Sto. António de Cascais.