Mário Assis Ferreira lança 'Egoísta - mas não só'

Mário Assis Ferreira lança 'Egoísta - mas não só'
O livro “Egoísta - mas não só”, da autoria de Mário Assis Ferreira, será lançado, no próximo dia 24, no El Corte Inglés, em Lisboa. Trata-se de uma obra singular que reúne os 61 editoriais, de Mário Assis Ferreira, director da “Egoísta”, publicados, ao longo de 15 anos, na mais premiada e longeva revista de cariz cultural ininterruptamente publicada em Portugal. A apresentação estará a cargo de Guilherme d’Oliveira Martins. 
 
Editada pela Gradiva e com prefácio de Guilherme d’Oliveira Martins, a obra “Egoísta - mas não só” constitui uma homenagem à revista “Egoísta” lançada, em 2000, pela Estoril Sol, e que se distinguiu, desde logo, graças à dedicação da sua editora, Patrícia Reis, à imaginação do “designer”, Henrique Cayatte e ao labor de uma equipa criativa. 
 
Segundo Mário Assis Ferreira, “é o momento oportuno para homenagear esta efeméride: pelos seus 15 anos de esperançada sobrevivência, pelos 70 prémios, nacionais e internacionais, que a consagram - mais que o número de edições - pelo que, em cada editorial, me inquietei no escrever; pela persistência de dizer, pensando, o que seria fácil dizer sem pensar”.
Escreve Guilherme d’Oliveira Martins no prefácio da obra: “Os textos que aqui se reúnem constituem um desafio à reflexão para além das aparências. E se nos lembrarmos das presenças muito caras a Mário Assis Ferreira, Agustina Bessa-Luís e Vasco Graça Moura, podemos perceber que é a procura do talento e do génio que animam a sua paixão pela vida e pela literatura. Agustina procurou compreender o mundo analisando-o nas suas contradições e situações limite, enquanto Vasco Graça Moura demandou o equilíbrio das ideias na lição dos clássicos e nas contas da melancolia. São ingredientes caros a Mário Assis Ferreira. E, para  que não haja dúvidas, não esquecemos  o que nos diz  sobre o “rapto da Europa”; temos afinal de entender o que nos pode oferecer um futuro em que podemos intervir e que só de nós depende”. Fora das ilusões e dos fatalismos, sermos nós é crermos no que poderemos realizar”.
 
Num contexto, estranhamente unânime, de que o Mundo mudou, “Egoísta - mas não só” distingue-se pela actualidade de conteúdos dos editoriais escritos por Mário Assis Ferreira, sendo-lhe reconhecida uma notável coerência na abordagem de matérias de intemporal universalidade.
 
Por isso, como questionar, 15 anos volvidos, a intemporal permanência das ideias vertidas sobre a múltipla transversalidade de temas que a Egoísta abordou? Temas como o Homem, a Mulher, o Amor, o Sexo, a Saudade, Deus, os Anjos, a Liberdade, o Juízo, a Arte, os Poetas, a Música, o Espectáculo, Portugal, o Oriente, a Revolução, a Paz, são exemplos, algo arbitrários, dos 61 editoriais e outras tantas reflexões que neste livro se poderão encontrar.
 
Presidente do Conselho de Administração da Estoril-Sol, S.A. – Casinos, Mário Assis Ferreira recorda, “Há mais de duas décadas, que, por vocação e dever cívico, esta Empresa tem um compromisso sagrado com a Cultura e com as Artes. E, nesse particular, somos “Egoístas” – aliás, como o soube ser essa revista de vanguarda, baptizada de “Egoísta”, multipremiada no País e no estrangeiro, que se transformou em ícone e publicação de culto”.
 
Numerosas personalidades de relevo da sociedade portuguesa, mais concretamente das áreas da política, da economia, das artes e dos media estarão presentes na cerimónia de apresentação da obra “Egoísta - mas não só”, que culminará com uma sessão de autógrafos do autor.