Mandatária do PS Almada defende compromisso de autarcas com serviço público

Mandatária do PS Almada defende compromisso de autarcas com serviço público

O PS Almada deu a conhecer, publicamente, Ana Jorge, ex-ministra da Saúde e actualmente médica do Hospital Garcia de Orta, como mandatária da candidatura de Joaquim Barbosa à presidência da Câmara. No mesmo dia foi apresentada a candidata a presidente da Assembleia Municipal, Ana Catarina Mendes, e ainda os cabeças de lista às juntas de freguesias.

“Joaquim Barbosa e a sua equipa aos órgãos autárquicos em Almada, assumem o compromisso de reforçar o serviço público e apoio às famílias através de políticas locais de acção social e de apoio à educação”, afirmava Ana Jorge, esta quarta-feira, nos Jardins do Castelo de Almada, perante os muitos apoiantes da candidatura socialista.

Para Ana Jorge, numa altura em que o país está a ver serem “ameaçados” serviços públicos como o “Serviço Nacional de Saúde e a escola pública”, cabe às autarquias dar uma resposta sólida às necessidades da população. “A crise que vivemos é complexa, por isso temos de ter autarcas de grande sensibilidade social”. Joaquim Barbosa, pela sua “experiência como educador e na área do apoio social, sabe como cumprir a missão de desenvolver e fortalecer a comunidade”.

“Este é o objectivo comum da candidatura Almada tem Força”, reforça a mandatária que apesar de se afirmar independente, vê no Partido Socialista a sua “família política”.

Para Joaquim Barbosa (Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Almada) ter a ex-ministra da Saúde, do anterior Governo, como mandatária é um valor acrescentado à sua candidatura, pelo contributo que então deu ao alargamento da rede de cuidados continuados em Almada. Ana Jorge “põe acima de tudo o sentido de serviço público”, afirma.

Para além do alargamento da rede de apoio social e da escola pública, o candidato socialista garante ter uma estratégia para aproveitar os recursos naturais e património edificado como pólos de desenvolver da economia do concelho. “Almada tem potencial nas pescas, na agricultura e no turismo, mas não tem sabido aproveitar esses recursos para desenvolver a economia local”, afirma.

E é com a premissa do “desenvolvimento futuro do concelho” que afirma ter construído uma equipa “competente e dedicada”.

Para as freguesias, o PS Almada candidata José Ricardo à Junta de Freguesia da Costa da Caparica, Ana Paula à União de Freguesias do Laranjeiro / Feijó, Fernando Jorge como candidato à União de Freguesias da Charneca da Caparica / Sobreda, Margarida Lourenço à União de Freguesias da Caparica / Trafaria e António Mendes como cabeça de lista à União de Freguesias de Almada, Cova da Piedade, Pragal e Cacilhas.