Mais de uma centena de crianças de Cascais vão beneficiar de bolsas em creches privadas

Mais de uma centena de crianças de Cascais vão beneficiar de bolsas em creches privadas
Mais de uma centena de crianças oriundas de famílias com dificuldades financeiras e que residem em Cascais vão usufruir, no próximo ano letivo, de um programa de bolsas sociais em creches da rede privada, informou hoje o município.
Em comunicado, a Câmara de Cascais refere que o protocolo entre a autarquia, as seis juntas de freguesia do concelho e as creches da rede privada, será renovado, o que permitirá integrar mais crianças, um total de 106.
Com um investimento anual de 150 mil euros, o programa "Bolsas Sociais em Creches da Rede Privada", lançado pela Câmara de Cascais no início do passado ano letivo, está a beneficiar crianças dos três meses aos três anos provenientes de famílias mais fragilizadas, garantindo vagas em 23 creches privadas de todas as freguesias do concelho.
Para o próximo ano letivo, o investimento será de 156 mil euros, prevendo-se a criação de 106 vagas para crianças provenientes de famílias incluídas nos três primeiros escalões do abono de família.
Ao contrário da rede pública de creches do concelho, que se encontra sobrelotada, as creches privadas não conseguem preencher alguma vagas disponíveis e, por isso, aderiram a este programa, comprometendo-se a baixar as mensalidades.
As vagas para as Bolsas Sociais foram abertas a crianças entre os 3 e os 36 meses, residentes no concelho de Cascais e cujas famílias se encontravam à procura de vaga nas Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do município. 
Entre as condições para beneficiar deste apoio social destaca-se a obrigatoriedade de o agregado familiar ser residente no concelho, estar incluído nos três primeiros escalões da Segurança Social e a necessidade de a família apresentar um documento comprovativo de que está à procura de vaga numa IPSS do município.
A renovação do protocolo entre as entidades está agendada para quarta-feira.