Mais 108 camas de cuidados continuados na região

Mais 108 camas de cuidados continuados na região

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARS-LVT) vai reforçar com mais 108 camas três unidades de cuidados continuados da região, de acordo com os contratos-programa assinados esta sexta-feira.

De acordo com a ARS-LVT, os novos contratos-programa vão ser celebrados com a Unidade de Cuidados Continuados Integrados (UCCI) Casa de Santa Maria (Associação dos Profissionais do Hospital de Santa Maria), em Camarate, Liga dos Amigos do Hospital Garcia de Orta (UCCI LAHGO), em Almada, e UCCI Provedor Júlio Freire, no Barreiro.

Em comunicado, a ARS-LVT destaca que 72 das camas são de média duração e de reabilitação e outras 36 de longa duração e manutenção.

As três unidades foram financiadas com um investimento público de 750.000 euros.

Com estas novas 108 camas de Cuidados Continuados Integrados, aumentam para 1.632 as camas para a prestação deste nível intermédio de cuidados de saúde e apoio social na região.

Na nota, a ARS-LVT destaca que as camas em Unidades de Internamento de Cuidados Continuados Integrados possibilita a promoção da "reabilitação, estabilização clínica e promoção da autonomia/independência dos utentes", além de proporcionar "cuidados que previnam e retardem o agravamento da situação de dependência, favorecendo o conforto e a qualidade de vida" e "contribuir para a gestão das altas dos hospitais de doentes agudos, permitindo uma utilização dessas vagas para outro tipo de doentes".

Até ao final do ano de 2014 a ARS-LVT prevê ter disponíveis mais 300 camas na região