Mafra quer redução de portagens nas autoestradas A8 e A21

Mafra quer redução de portagens nas autoestradas A8 e A21
A Câmara de Mafra aprovou hoje uma moção a pedir a diminuição das portagens nas autoestradas A8 e A21, após a redução da velocidade naquelas vias.
   
A moção, apresentada pelo PS, foi aprovada por unanimidade na reunião pública do executivo.
 
"A redução da velocidade devia ser minorada com a redução da taxa de utilização junto da concessionária", defendeu o vereador do PS Sérgio Santos, lembrando que os cidadãos do concelho "sofrem diariamente para chegar à capital devido aos custos dos combustíveis, à falta de transportes públicos e ao valor dos passes" dos transportes públicos.
 
A velocidade máxima de circulação entre o Cabeço de Montachique e as portagens de Loures, na autoestrada A8, foi reduzida para 100 quilómetros/hora (antes era de 120) no sentido norte/sul, o que causa "constrangimentos no acesso a Lisboa pelos moradores" do concelho, segundo a moção, a que a Lusa teve acesso.
 
A moção foi subscrita pela maioria-social democrata.
 
O presidente da câmara, Hélder Sousa Silva, sublinhou a necessidade de redução das portagens entre os troços da autoestrada A8 entre a Malveira e a Venda do Pinheiro, para "descomprimir o trânsito local na estrada nacional EN8".
 
O autarca adiantou que já se reuniu com o secretário de Estado das Infraestruturas, a quem expôs essa necessidade, mas o Governo recusou, dando apenas exceção na redução de portagens nas autoestradas do interior.