Mafra prepara festival IncantArte de música erudita

Mafra prepara festival IncantArte de música erudita
A Associação Cultural Cultur'Canto, criada no passado mês de fevereiro, em Mafra, vai promover, de 03 a 05 de julho, o festival de música erudita IncantArte, para diversificar a oferta cultural no concelho.
 
"Vão ser três dias dedicados à música erudita vocal 'a capella', com concertos ao ar livre junto a monumentos, para dinamizar esses espaços e contribuir para a diversificação da oferta cultural do concelho", afirmou à agência Lusa Jorge Afonso, presidente da associação e diretor artístico do evento.
 
Esta primeira edição, em que participam 270 cantores e nove grupos, integra um programa musical que vai abranger várias épocas da música ocidental, incluindo obras de cancioneiros tradicionais do mundo.
 
Os grupos vão interpretar cerca de 60 peças de clássicos como Clément Janequin, Orlando Di Lasso, D. Pedro de Cristo, Francis Poulenc, Claude Debussy, mas também contemporâneos portugueses, como Fernando Lopes-Graça, Eurico Carrapatoso, Tiago Marques, Carlos Pinto Fonseca e Mário de Sampayo Ribeiro.
 
O festival IncantArte tem início no dia 03, com um concerto no auditório da Casa da Música da Malveira, com a participação dos grupos Ímpeto Ensemble, de Lisboa, Coro Feminino TuttiEncantus, de Setúbal, e do Coro de Câmara desta associação mafrense.
 
A iniciativa, descentralizada pelo concelho, prossegue no dia 04, com um concerto junto à Igreja de Santa Marta, na Ericeira, com o Grupo Coral de Queluz, o Coro Polyphonia Schola Cantorum, de Lisboa, e o Coro da Universidade de Lisboa.
 
Encerra no dia 05 de julho com o terceiro concerto, no Jardim do Cerco, na vila de Mafra, com o Coro de Linda-a-Velha, o Coro Encontro, de Queluz, e o Coro Regina Coeli, de Lisboa, e com uma atuação conjunta de todos os coros.
 
A associação, criada em fevereiro, integra um Coro de Câmara, com 20 elementos, que interpretam, 'a capella' ou com a colaboração de instrumentistas, repertório de diversos estilos e épocas musicais, desde o Renascimento até à música coral contemporânea. Possui ainda o núcleo "Incant'Arte", vocacionado para a produção e dinamização de eventos durante todo o ano.
 
Para promover a música e sensibilizar as crianças para essa área, a associação organizou concertos nas escolas dos concelhos, com a participação de grupos corais infantis.
 
Além de promover espetáculos e contribuir para a formação de públicos, a associação tem por objetivo "formar músicos e outros grupos para ter uma oferta ligada à música mais erudita, que explore a parte vocal e instrumental".
 
Depois do IncantArte - Festival de Música, a associação tem já eventos agendados para setembro e dezembro.