Mafra, Loures, Sintra e Cascais com cinco milhões para pequenos projetos no litoral e zonas rurais

Mafra, Loures, Sintra e Cascais com cinco milhões para pequenos projetos no litoral e zonas rurais
A Associação para o Desenvolvimento Sustentável da Região Saloia (A2S) anunciou hoje que tem disponíveis cinco milhões de euros para pequenos projetos ligados ao mar e ao mundo rural nos concelhos de Cascais, Loures, Mafra e Sintra.
 
A A2S vai apresentar-se, na sexta-feira, como entidade gestora nesta região de fundos comunitários para pequenos projetos dos programas de Desenvolvimento Rural 2020 e Mar 2020, no âmbito estratégia territorial denominada Desenvolvimento Local de Base Comunitária (DLBC).
 
Márcia Mendes, da associação e diretora executiva dos dois grupos gestores nesta zona, adiantou à agência Lusa que na sexta-feira serão abertas candidaturas, até 30 de agosto, para projetos relacionados com a DLBC Rural, que dispõe de um financiamento de cerca de três milhões de euros.
 
A DLBC Rural abrange as freguesias de Bucelas, Fanhões, São Julião do Tojal, Santo Antão, Lousa (Loures); as freguesias do concelho de Mafra, à exceção da Ericeira; Colares, Pêro Pinheiro e Montelavar e São João das Lampas (Sintra).
 
Nesta primeira fase, podem ser candidatáveis projetos até 40 mil euros de investimento para aumentar a produtividade de pequenas explorações agrícolas ou relacionados com a transformação e comercialização de produtos agrícolas.
 
A DLBC para o mar tem um financiamento disponível de dois milhões de euros para as freguesias da Ericeira, Encarnação, Santo Isidoro, no concelho de Mafra, e Estoril e Cascais, em Cascais, mas ainda não tem candidaturas abertas.
 
Nos dias 06 e 07 de julho, a associação vai promover ‘workshops’ para ajudar interessados na elaboração das candidaturas, respetivamente na Cooperativa Agrícola de Loures e no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra.