Loja do Cidadão dos Restauradores muda para o Terreiro do Paço

Loja do Cidadão dos Restauradores muda para o Terreiro do Paço
A Loja do Cidadão dos Restauradores, em Lisboa, vai mudar, ainda este ano, para o edifício do terminal fluvial do Terreiro do Paço, anunciou o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Feliciano Barreiras Duarte. O Governo vai encerrar a Loja do Cidadão dos Restauradores e a nova loja "vai ficar num edifício do terminal fluvial de Lisboa, que é uma zona que fica em frente ao atual Ministério das Finanças", de transição de transportes coletivos marítimos e de "grande mobilidade na cidade de Lisboa", disse o governante.
Segundo o secretário de Estado, a nova Loja do Cidadão "é uma loja que vai ser mais moderna" do que a atual dos Restauradores, "vai ter custos muito menores e, ao mesmo tempo, vai ver reforçados os serviços disponíveis aos cidadãos e às empresas".
O Governo anunciara que iria fechar a Loja do Cidadão dos Restauradores no ano passado, justificando a transferência com o facto de ser a loja com "mais queixas dos cidadãos quanto à aferição dos serviços prestados" e com a "renda excessivamente alta: mais de 600 mil euros/ano".
Feliciano Barreiras Duarte disse hoje que aquela Loja do Cidadão "vai mudar para a zona do Terreiro do Paço quando estiverem concluídas as obras e definidos os novos serviços que farão a migração dos Restauradores para o Terreiro do Paço e que irá implicar cerca de 75% de poupança" ao nível dos custos.
Observou que Lisboa também ficará com a Loja do Cidadão das Laranjeiras e com a nova loja de Moscavide, que abriu em 2012, admitindo que "a rede" ficará "devidamente equilibrada" e será mantida "a qualidade dos serviços prestados às pessoas".
Em relação à mudança dos serviços, referiu que acontecerá após a conclusão das obras de adaptação do novo espaço no terminal fluvial do Terreiro do Paço e após a conclusão de negociações para os serviços a instalar.
"Contamos que ainda durante o ano de 2013 isso suceda. É nossa intenção firme", concluiu o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares.