Levantada interdição de banhos na praia de Carcavelos após análises revelarem qualidade da água

Levantada interdição de banhos na praia de Carcavelos após análises revelarem qualidade da água
A interdição de banhos na praia de Carcavelos, em Cascais, foi hoje levantada, após serem conhecidos os resultados das análises à água do mar, que, segundo a câmara, revelaram uma "qualidade excelente".
 
"Tal como esperávamos, a qualidade da água é excelente e, portanto, já foi hasteada a bandeira verde na praia e as pessoas podem ir a banhos à vontade. Sempre soubemos que estava tudo bem", disse à Lusa o presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras, ao final da manhã.
 
O autarca lamentou a decisão "despropositada e inconsequente" do delegado regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, Mário Durval, quem acusa de ser um "'boy' do Bloco de Esquerda", partido pelo qual o médico é candidato à Câmara do Barreiro nas próximas eleições autárquicas.
 
"Prova uma forma negativa de fazer política. Querem atacar a câmara, mas só atacam os interesses dos munícipes. O que vale é que as pessoas têm confiança em nós e não nestes pseudopolíticos", afirmou Carreiras.
 
Confrontado com as acusações do autarca de Cascais, Mário Durval lembra que é autoridade de saúde há mais de 40 anos e "nunca ninguém ousou fazer declarações dessas", além de que "as discussões partidárias não são para se ter neste âmbito".
 
"Compreendo que nesta altura de eleições ele se terá excedido. Ele devia ter respeitado um pouco mais a Autoridade Regional de Saúde. Tomamos decisões com base na defesa da saúde das populações e, neste caso, foi com base no princípio da precaução", sustentou.
 
A praia de Carcavelos, no distrito de Lisboa, esteve interditada a banhos desde as 09:00 de quinta-feira.
 
Na quinta-feira, em declarações à agência Lusa, o delegado regional de Saúde, Mário Durval, responsável pela decisão de interditar os banhos naquela praia, explicou que a medida "foi absolutamente necessária para garantir a segurança dos banhistas", uma vez que "não havia garantias que a água não estivesse contaminada".