Julien Trarieux e Maaris Meier impõem-se em Rio de Mouro

Julien Trarieux e Maaris Meier impõem-se em Rio de Mouro

A segunda etapa da Taça de Portugal de cross country olímpico (XCO), hoje disputada em Rio de Mouro, assistiu ao domínio dos corredores forasteiros. Na prova de elite masculina impôs-se o francês Julien Trarieux (Bridgestone Anchor), enquanto que a corrida de elite feminina foi ganha pela campeã da Estónia, Maaris Meier (Saertex Portugal/Edaetech/Lavarinhas). David Rosa é o novo líder da Taça. 
Julien Trarieux teve de enfrentar a forte oposição do campeão português de XCO, David Rosa (Movefree/E. Marques e Rosa/Liberty Seguros), que foi o segundo classificado, a 47 segundos do gaulês. O terceiro foi o suíço Barben Emilien (Zimmermann BMC New-Work), a 4m01s do vencedor. Com este resultado, David Rosa ascendeu ao comando da geral da Taça de Portugal de XCO na categoria de elite masculina. 
A corrida feminina contribuiu para baralhar as contas da geral individual da Taça, o que augura luta renhida e muita emoção para as próximas provas. A estoniana Maaris Meier foi a vencedora, triunfo que lhe permitiu alcançar, no topo da geral do troféu, a espanhola Lucia Vázquez (Vicma Bike Team), segunda em Rio de Mouro, a 2m19s da ciclista báltica. A portuguesa Joana Barbosa (CDC Navais-Póvoa de Varzim) fechou o pódio, a 6m25s da vencedora. 
O facto de a prova de Rio de Mouro ser de classe 1 internacional, a competição de maior categoria no calendário ibérico deste ano, contribuiu para uma forte presença de corredores internacionais de grande qualidade. 
O vencedor da geral masculina foi tsmbém o melhor sub-23, mas o quarto classificado deste escalão, Pablo Rodríguez (BH-SR Suntour-KMC), manteve a liderança nos menores de 23 anos. Entre as sub-23 impôs-se Liliana Almeida (Avança/Moreira Congelados/Topgel), mas foi também a segunda classificada neste domingo, Andreia Lopes (Escola BTT de Rio de Mouro), quem assumiu a liderança da geral. 
O espanhol Diego Calderon (Scott-Sportbici) triunfou na categoria de juniores e igualou no comando da geral o português João Santos (ND Travanca/Bicicletas Andrade), que hoje não foi além do segundo lugar. No sector feminino de juniores, Ana Tomás (BTT Seia) voltou a ser superior a toda a concorrência e é cada vez mais líder. 
A corrida de cadetes foi ganha por Daniel Viegas (BTT Loulé/BPI), mas o segundo posto de João Antunes (CRC/Alfacycles/Vegas Cosmetics) valeu a este corredor o primeiro posto na geral. A cadete Diana Ferreira (Saertex Portugal/Edaetech/Bicicletas Lavarinhas) continuou em Rio de Mouro o percurso vitorioso que iniciara na anterior prova, em Silves. 
Rio de Mouro assistiu ao acentuar do domínio dos corredores que já chegaram à localidade sintrense na liderança da Taça em masters A e B, com a vitória de Marco Sousa (Róódinhas/Santos Silva) na primeira daquelas classes e de António Sousa (Candibyke/Interdesign/Xarão) na segunda. Nos mais velhos, masters C, a vitória foi para o corredor da casa Luís António (Escola BTT de Rio de Mouro), que passou a partilhar o comando da geral com Carlos Cabrita (BTT Loulé/BPI), que hoje foi o terceiro classificado. Teresa Fernandes (Clube Xelb) teve o segundo sucesso consecutivo e solidificou a liderança.
Por equipas venceu a Saertex Portugal/Edaetech/Bicicletas Lavarinhas. 
A Taça de Portugal de XCO vai prosseguir no dia 19 de maio, na pista dos Cucos, Torres Vedras. 
Classificação Completa Clique Aqui