Jornalista portuguesa assina o melhor livro do mundo sobre enoturismo

Jornalista portuguesa assina o melhor livro do mundo sobre enoturismo
O livro 'Guia do Enoturismo', da jornalista portuguesa Maria João de Almeida, venceu o prémio de melhor livro do mundo na categoria de enoturismo nos 'Gourmand World Cookbook Awards', considerados os 'óscares' da literatura gastronómica.
   
O livro, editado pela Zest e lançado em novembro de 2014, é a primeira obra impressa em Portugal do género, reunido "os melhores produtores de vinho a visitar, mas também sugestões sobre os melhores locais onde comer e onde dormir", segundo a autora.
 
Os prémios, que distinguem os melhores livros, programas televisivos e aplicações dedicados ao mundo da comida e bebida, foram anunciados este fim-de-semana numa cerimónia em Yantai, na China, e foram divulgados na página oficial da Gourmand International.
 
Também o 'chef' Chakall, argentino radicado em Portugal, foi eleito como melhor apresentador de programas de cozinha a nível mundial, pelos seus programas em Portugal e na Alemanha.
O livro 'Portugal -- Algarve Mediterrânico' ficou em terceiro lugar na categoria de melhor livro de cozinha do ano. A obra é da autoria de Maria Manuel Valagão, Vasco Célio e Bertílio Gomes e é editado pela Tinta da China.
 
Também em terceiro lugar, na categoria de livro de comida vegetariana, ficou o livro 'Cozinha Vegetariana', de Gabriela Oliveira, editora Bertrand.
 
Em língua portuguesa, o livro 'As Melhores Receitas do Mais Você', programa televisivo da televisão brasileira Globo e apresentado por Ana Maria Braga, ganhou o primeiro prémio na categoria 'televisão fora da Europa'.
 
Também com origem portuguesa, o livro da cozinheira malaia Melba Nunis, 'A Kristang Family Cookbook', venceu o prémio internacional para chefe de cozinha mulher.
 
A comunidade 'cristang' é uma pequena comunidade de Malaca, na Malásia, e tem origem nos antepassados portugueses, que ali chegaram na época dos Descobrimentos. Estes descendentes dos portugueses falam a língua 'cristang', um crioulo de base portuguesa.
 
Na edição deste ano dos prémios, participaram 209 países, dos quais 103 ficaram na 'shortlist', num total de 766 finalistas em 89 categorias.