Jacques Tardi e Mathieu Sapin, dois dos convidados do AmadoraBD 2015

Jacques Tardi e Mathieu Sapin, dois dos convidados do AmadoraBD 2015
Os autores franceses Jacques Tardi e Mathieu Sapin, o alemão Reinhart Kleist e o cartoonista grego Yannis Ioannou estarão no AmadoraBD - Festival Internacional de Banda Desenhada, que começa no dia 23, revelou à Lusa fonte da organização.
 
Jacques Tardi, um dos mais importantes nomes da banda desenhada europeia, estará em Portugal a propósito da exposição "Putain de Guerre – A Guerra das Trincheiras", organizada no âmbito do AmadoraBD e que está já patente na Bedeteca da Amadora.
 
"Passados vinte anos, altura em que foi feito o primeiro de alguns convites da nossa parte, Tardi aceitou finalmente vir à Amadora", afirma a organização.
 
A exposição de Tardi baseia-se em três álbuns de Tardi, dedicados à Primeira Guerra Mundial: "Putain de Guerre", "Chansons contre la guerre" e "Foi assim a guerra das trincheiras", editado em Portugal e um dos candidatos aos prémios de BD do festival.
 
Jacques Tardi, criador também da personagem e da série Adèle Blanc-Sec, apresentará ainda na Amadora o espectáculo "Putain de Guerre!", que criou juntamente com a mulher, a cantora Dominique Grange. O concerto decorrerá no dia 24 nos Recreios da Amadora e as receitas revertem para o Conselho Português para os Refugiados.
 
De acordo com a organização, a lista de convidados para o AmadoraBD deste ano, habitualmente solicitados para encontros e sessões de autógrafos, contará com o regresso do autor francês Mathieu Sapin, que prepara um policial cuja ação se passa na Amadora, e com o autor alemão Reinhard Kleist, de quem será editado o premiado livro "O pugilista".
 
Os irmãos Lindomar e Olímpio Sousa, do Luanda Cartoon, o cartoonista grego Yannis Ioannnoy e os autores brasileiros André Diniz, Henrique Magalhães e Marcelo Quintanilha também marcarão presença na Amadora.
 
A 26ª edição do AmadoraBD, dedicada ao tema "A criança na BD", decorrerá de 23 de outubro a 08 de novembro no Fórum Luís de Camões e em vários espaços da cidade.
 
O tema assinala os cem anos das personagens de banda desenhada Quim e Manecas, criadas por Stuart Carvalhais e que apareceram pela primeira vez em 1915.
 
O AmadoraBD associa-se ainda ao centenário da Primeira Guerra Mundial, cuja efeméride está a ser assinalada na cidade com várias iniciativas.
 
No âmbito da banda desenhada, além da exposição de Jacques Tardi, a programação conta com a exposição - já patente na Bedeteca - "Quim e Manecas vão à guerra", de Stuart Carvalhais.