Ironman em Cascais para bater recordes e com portugueses em busca da melhor forma

Ironman em Cascais para bater recordes e com portugueses em busca da melhor forma
O primeiro Ironman em Portugal irá bater vários recordes no seu ano de estreia e terá os triatletas lusos Vanessa Fernandes e Bruno Pais a participarem com a meta traçada de alcançar o melhor resultado possível.
 
O projeto de organizar a prova de triatlo em solo português com a parceria da marca Ironman foi um "sonho finalmente alcançado" para o diretor da prova, que começou por enaltecer os vários recordes conseguidos ainda antes do seu início.
 
"É um quebrar de recordes. Abordámos a Ironman porque temos o melhor local, o apoio do município, sentiram a paixão que temos e aquilo que sabemos fazer. Viu-se nos números de inscritos (2.200) e isso deixa-nos contentíssimos", revelou Jorge Pereira na conferência de apresentação do percurso, que decorrerá ao longo da costa de Cascais, em Lisboa.
 
Jorge Pereira continuou a enumerar os vários números surpreendentes que darão destaque à prova: "Outro dos recordes é a presença estrangeira de 72%, algo que muitos países se orgulhariam. Temos também 630 portugueses a participar nesta prova, uma coisa que nunca aconteceu em nenhum lugar do mundo. São 66 nacionalidades, é extraordinário."
 
De resto, o diretor salientou a transmissão do evento via 'streaming', ao qual poderá ter acesso um número ilimitado de pessoas, esperando ainda superar as 140.000 visualizações.
 
Um dos apoios fundamentais para a realização do evento foi o da câmara municipal de Cascais, presidida por Carlos Carreiras, que destacou o "impacto" que terá na cidade, dando também uma palavra de incentivo aos atletas portugueses que vão participar no domingo.
 
"O impacto que tem é grande e a forma como nos projeta para o mundo também. Não quero criar pressão, a minha vontade é grande, mas deixo uma palavra de incentivo a todos eles [portugueses e cascalenses]. Quero dar ao Bruno Pais e à Vanessa Fernandes uma palavra de grande incentivo". Em Portugal somos tão bons ou melhores que outros povos", declarou.
 
Quanto aos cabeça de cartaz no que aos portugueses diz respeito, a triatleta Vanessa Fernandes ainda procura encontrar o seu melhor nível, mas frisou que com "trabalho" conseguirá voltar aos seus tempos áureos.
 
"É tudo bastante novo, não conheço as atletas, mas vejo a prova como um trabalho contínuo para prosseguir o meu caminho e a melhorar a minha performance. É com trabalho que consolidamos o que queremos", argumentou.
 
Para a prova de domingo, a medalha de prata nos Jogos Olímpicos Pequim2008 prometeu "dar o seu melhorar e usufruir da prova ao máximo" ao longo dos cerca de 113 quilómetros.
 
Por outro lado, o compatriota Bruno Pais e atleta do Estoril-Praia disse que ainda não reúne os melhores índices físicos para triunfar, porém acredita que o ambiente em torno do evento lhe dará uma força extra.
 
"Penso que ainda não estou a 100%. Venho de uma lesão e ainda estou a recuperar a forma. Competir em casa tem um sabor especial e dá uma energia extra para me superar. Vou fazer tudo por tudo para conseguir o melhor resultado possível", assegurou.
 
A estreia do primeiro Ironman em Portugal está marcada para domingo, na baía de Cascais, sendo que a prova masculina terá início às 07:12, seguida da feminina, às 07:15.