Início das obras do novo Centro de Saúde de Sintra

Início das obras do novo Centro de Saúde de Sintra
A Câmara de Sintra inicia na próxima segunda-feira, dia 8 de maio, as obras de construção do novo Centro de Saúde de Sintra que abrangerá cerca de 21000 utentes do município. No local do futuro espaço será assinado, às 12h30, o auto de consignação. 
 
A autarquia desenvolve um programa na área da saúde, cujo investimento de 7 milhões de euros abrange a construção de 5 novos centros de saúde: Queluz, Agualva, Algueirão-Mem Martins, Sintra e Almargem do Bispo.
 
Basílio Horta considera que “é mais um momento importante para Sintra. Temos seguido uma estratégia para recuperar décadas perdidas no sector da saúde. É também um esforço financeiro da Câmara de cerca de 900 mil euros, que paga a totalidade do centro de saúde, mas fundamental para os nossos munícipes”.
 
A nova unidade de saúde familiar ficará instalada num edifício com valor histórico, na zona da Estefânia e que para melhor funcionalidade será ampliado com dois blocos, conferindo-lhe assim o espaço conveniente para gabinetes de consultas e salas de tratamentos, zona de atendimento ao público, salas de espera, sala de reuniões. Todos os acessos pelo exterior assim como todos os espaços interiores são acessíveis a pessoas com mobilidade reduzida quer por rampas ou elevador e está também previsto o acesso automóvel ao interior do espaço por uma rampa localizada junto a um dos blocos. A obra tem um prazo de conclusão de 210 dias.
 
Já em Queluz a construção obra do novo Centro de Saúde está a decorrer conforme previsto. Esta unidade de saúde familiar para 30 mil utentes está a ser implantada na antiga Escola Básica localizada na Rua D. Fernando em Queluz, com financiamento de 30% da autarquia, que cedeu também o terreno e é responsável pelo projeto e pela obra. 
 
Está a decorrer a demolição dos Edifícios da Antiga Messa onde está prevista a instalação da futura Unidade de Saúde Familiar de Algueirão-Mem Martins.
 
A obra de construção do Centro de Saúde de Agualva foi adjudicada pelo valor aproximado de 1mihão e cem mil euros, dos quais 30% são também financiados pela autarquia. O terreno junto ao Mercado Municipal de Agualva onde vai ser construído e centro de saúde é igualmente cedido pela autarquia. Esta unidade de saúde familiar abrange cerca de 62 mil munícipes da União das Freguesias de Agualva e Mira Sintra.