Hospital Garcia de Orta cumpre regras de isolamento de doentes infetados

Hospital Garcia de Orta cumpre regras de isolamento de doentes infetados
A Direção-Geral da Saúde (DGSaúde) concluiu hoje que o Hospital Garcia de Orta, em Almada, cumpre as regras de isolamento de doentes infetados, apesar de ter falta de quartos.
 
"Tanto quanto as condições físicas do hospital permitem, são cumpridas as regras determinadas pelo Programa de Prevenção e Controlo de Infeção e Resistência aos Antimicrobianos, em matéria de isolamento de doentes infetados", assinala o relatório da visita técnica da DGSaúde ao hospital, para avaliação da qualidade e segurança.
 
A visita foi feita hoje, "sem aviso prévio", entre as 11:00 e as 14:45, depois de o jornal i ter noticiado que, no Hospital Garcia de Orta, os doentes infetados com bactérias multirresistentes, como a E-coli e a Klebsiela, "estão misturados nas mesmas salas com os doentes que não estão infetados e, inclusivamente, com pacientes que foram submetidos a cirurgias".
 
No relatório, a DGSaúde sustenta que "não se encontrou evidência que demonstre a veracidade da notícia hoje publicada pelo jornal i", embora registe que o hospital "apenas possui cinco quartos de isolamento, um dos quais na unidade de cuidados intensivos".
 
Segundo a Direção-Geral da Saúde, que cita a direção clínica da unidade hospitalar, seriam necessários mais cinco quartos de isolamento, além dos quatro que já estão a ser criados.