Hortas Municipais arrancam na Costa da Caparica

Hortas Municipais arrancam na Costa da Caparica

O projecto da Rede de Hortas Municipais, no concelho de Almada, arrancou em terrenos da Costa da Caparica, na zona de S. João. A fase de candidaturas para atribuição de talhões decorre até 26 de julho.

As Hortas de S. João ocupam um terreno municipal com cerca de 8500 m2, onde serão disponibilizados 73 talhões, com dimensões compreendidas entre os 30 e os 125 m2. Pode candidatar-se qualquer munícipe residente no concelho, escolas, instituições de interesse público ou associações sem fins lucrativos sediadas no município.

A seleção terá em conta a proximidade da área de residência, situação de desemprego ou reforma. Em caso de empate ou do número de candidaturas ser superior ao de talhões disponíveis, o critério atenderá à ordem de inscrição.

O utilizador contribuirá com uma contrapartida anual por metro quadrado, fixada em 1,5 euros/m2. Este valor destina-se a comparticipar custos de fornecimento de água e manutenção das partes comuns. Os utilizadores em situação de desemprego ou de carência económica terão um desconto de 50% no montante dessa contrapartida anual.

A Rede de Hortas Municipais do Concelho de Almada é constituída por um conjunto de áreas agrícolas, onde os munícipes podem cultivar talhões individuais com hortícolas, num espaço devidamente preparado e equipado.

Segundo a autarquia, “a Rede de Hortas Municipais desempenhará um papel importante na preservação do solo, da água e da biodiversidade, no fomento da produção e comércio de pequena escala, na promoção das relações sociais de proximidade e no complemento do orçamento de famílias”.