Hora do Planeta com concerto à luz das velas e monumentos às escuras

Hora do Planeta com concerto à luz das velas e monumentos às escuras
Neste sábado, 25 de março, às 20h30, o Parque Eduardo VII irá servir de palco a um concerto inédito à luz de velas: 
 
Raquel Tavares, Tiago Bettencourt, Matias Damásio, André Sardet, Samuel Úria, Tito Paris, Enoque e Janeiro, juntos pela hora do planeta.
 
Conhecida globalmente como EARTH HOUR, é uma iniciativa global da rede WWF a favor da adoção de novos hábitos e maneiras de se relacionar com o meio ambiente.
 
Teve início em Sidney em março de 2007 e tornou-se numa celebração mundial que já envolve um bilião de pessoas em mais de 7 mil cidades, 178 países e territórios, mais de 8.000 cidades e vilas e conseguiu que mais de 12.700 monumentos desligassem as luzes. 
 
A missão da WWF é travar a degradação do ambiente natural do planeta e construir um futuro no qual os seres humanos vivam em harmonia com a natureza, pela conservação da diversidade biológica do mundo, garantindo que a utilização dos recursos naturais renováveis seja sustentável e promovendo a redução da poluição e do desperdício.
 
A próxima edição será no dia 25 de Março, entre as 20:30 e as 21:30, em mais de 172 países, cerca de 7000 cidades e com mais de 10.400 monumentos históricos a apagar as luzes.
 
E porque a Música tem a força unificadora de chegar a todas as pessoas, em Portugal escolhemos assinalar este momento com um concerto único à luz das velas, no Parque Eduardo VII.
 
Os lucros desta iniciativa revertem a favor dos projetos WWF.