Homem acusado de cinco roubos à mão armada em Almada e no Seixal em prisão preventiva

Homem acusado de cinco roubos à mão armada em Almada e no Seixal em prisão preventiva

 

O homem suspeito de ter cometido cinco roubos à mão armada a estabelecimentos de compra e venda de ouro em Almada e no Seixal ficou em prisão preventiva, anunciou hoje a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL).
 
Segundo uma nota da PGDL na sua página na Internet, o homem foi detido em flagrante a 15 de Novembro na sequência de um assalto, tendo a investigação da Polícia Judiciária ligado o suspeito a mais quatro crimes de roubo a estabelecimentos de compra e venda de ouro.
 
"O arguido dirigiu-se a pelo menos quatro lojas de comércio de ouro em Almada e uma no Seixal, simulava pretender avaliação de jóias que consigo teria e, seguidamente, ameaçava os funcionários das lojas com uma arma de fogo", refere a nota.
 
A investigação, sob direcção do Ministério Público de Almada, prossegue, de modo a perceber se existem outros crimes de roubo similares cometidos pelo detido.