Hapoel Ramat Gan anula Estoril-Praia e leva decisão para Israel

Hapoel Ramat Gan anula Estoril-Praia e leva decisão para Israel

O Estoril-Praia não foi além de um nulo diante dos israelitas do Hapoel Ramat Gan, em jogo da primeira mão da terceira pré-eliminatória da Liga Europa em futebol, deixando tudo em aberto na eliminatória.
Com um "onze" inicial constituído por quatro caras novas em relação à época passada - Babanco, João Pedro Galvão, Sebá e Filipe Gonçalves -, os comandados de Marco Silva, dispostos em 4-3-3, acusaram muita ansiedade e alguma falta de entrosamento e de velocidade, natural de um início de época.
O Hapoel Ramat Gan conseguiu concretizar o objetivo com que chegou a Portugal e levou para Israel a igualdade, devido a ter estudado bem o adversário, montando uma estratégia que anulou as iniciativas atacantes do Estoril-Praia, tapando bem os espaços no terreno de jogo e não permitindo que os "canarinhos" chegassem com sucesso à baliza de Straus.
Foi com a traja "We are making history" (Estamos a fazer história) que a equipa do Estoril-Praia entrou para o relvado do Estádio António Coimbra da Mota para defrontar a equipa da II Liga israelita e sentiu muitas dificuldades para conseguir entrar no último reduto dos adversários.
Explanados em 4-4-2, os comandados de Ariel Gilerovich alinharam com 10 elementos atrás da linha da bola, dificultando ao máximo as tentativas atacantes dos "canarinhos", tendo conseguido apenas por uma ocasião chegar frente ao guarda-redes Straus, contudo, Carlitos, após cruzamento de Babanco, aos 22 minutos, não teve a frieza necessária para inaugurar o marcador.
O intervalo acabou por trazer maior discernimento aos pupilos de Marco Silva, que aceleraram o jogo e por várias vezes conseguiram apanhar em contrapé o Hapoel Ramat Gan, não sem antes Bar Buzaglo, que tinha entrado no primeiro tempo para substituir Brosso, atirar ao lado da baliza de Vagner, mas que acabou por não trazer qualquer fruto.
João Pedro Galvão na esquerda, após uma jogada de insistência na direita entre Luís Leal e Carlitos, e Gonçalo Santos, por cima, não conseguiram concretizar em golo estas duas oportunidades, mantendo o nulo com que o jogo chegou ao final.
Estas duas equipas voltam a encontrar-se na próxima semana, a 08 de agosto, em Israel, para o encontro da segunda mão desta terceira pré-eliminatória da Liga Europa.