Grande Prémio de Natal junta os melhores atletas nacionais na ruas de Lisboa

Grande Prémio de Natal junta os melhores atletas nacionais na ruas de Lisboa
A 58.ª edição do Grande Prémio de Natal vai juntar, a 13 de dezembro, em Lisboa, 5.000 atletas, anunciou hoje a organização, admitindo que dentro de três anos a prova poderá contar com 15.000 participantes.
 
"Com um percurso de 10 quilómetros esta é uma prova fácil para quem treina com regularidade. Em três anos gostávamos de chegar aos 15.000 participantes", afirmou o presidente do Maratona Clube de Portugal, Carlos Móia, na apresentação do evento.
 
O Maratona assumiu este ano a organização da prova, criada em 1946, e que desde 1946 decorre sob a égide da Associação de Atletismo de Lisboa.
 
A competição, com partida de Entrecampos e chegada aos Restauradores, vai juntar grandes nomes do atletismo português, entre os quais os atuais campeões nacionais de estrada, Rui Pedro Silva e Dulce Félix.
 
Na lista de inscritos figuram nomes como Sara Moreira, quarta classificada na última edição da maratona de Nova Iorque, Jéssica Augusto, Ricardo Ribas e Hermano Ferreira.
A pouco mais de duas semanas da prova, patrocinada pela EDP, a organização recebeu já cerca de 4.000 inscrições, sendo previsível que atinja dentro de dias o limite de 5.000, estabelecido pelos organizadores.
 
O evento terá também um cariz solidário, com o Maratona e o principal patrocinador da prova a doarem um euro por cada inscrição para a Re-food, uma associação de solidariedade que distribui alimentos a pessoas carenciadas.
 
O Grande Prémio de Natal, uma das mais antigas provas realizadas em Portugal, teve a sua primeira edição em 1946, mas só no ano 2000 conheceu um vencedor estrangeiro, o queniano Sammy Tum.
 
O antigo atleta Carlos Lopes, campeão olímpico na maratona em 1984, é recordista de vitórias na prova, com seis triunfos.
 
No setor feminino, Marisa Barros é a recordista, com quatro triunfos, mas a prova teve vencedoras de renome como Rita Borralho, Aurora Cunha e Carla Sacramento.
 
Fotos: António Garcia