GNR recupera mais de 28 mil euros em obras de arte furtadas

GNR recupera mais de 28 mil euros em obras de arte furtadas

A GNR de Almada recuperou mais de 28 mil euros em obras de arte e material de decoração, que tinham sido furtadas de uma residência na Costa de Caparica.

"O visado na investigação, aproveitando-se de uma situação de internamento hospitalar da ex-esposa, deslocou-se à residência da mesma, na freguesia Costa da Caparica e levou consigo diversas obras de arte e material de decoração", refere a GNR em comunicado enviado à Lusa.

No âmbito da investigação, efetuada pela GNR de Almada, foram feitas duas buscas domiciliárias, em Lisboa e na Lourinhã, que permitiram recuperar o material.

Na residência em Lisboa foram apreendidos vários artigos de decoração, entre eles uma estátua em pedra, uma jarra de cristal, um elefante em bronze, dois candelabros em bronze, uma jarra dourada e um espelho.

Na Lourinhã foram apreendidas três serigrafias, do pintor Manuel Cargaleiro, uma estatueta em cerejeira, dois quadros de fotogravura, uma tela da autoria da pintora Isabel Ílhavo, uma fruteira em estanho e uma estátua de madeira da Santa Isabel.

"O material recuperado tem o valor aproximado de 28.700 euros", concluiu o documento.