Fundação "O Século" serve mais de 450 refeições diárias a pessoas carenciadas

Fundação "O Século" serve mais de 450 refeições diárias a pessoas carenciadas

 

A Fundação "O Século" serve mais de 450 refeições diárias a pessoas carenciadas no concelho de Cascais, mais uma centena por dia que no ano passado, revelou hoje o presidente da entidade, Emanuel Martins. 
Em declarações à agência Lusa, o responsável indicou que em dezembro a Fundação "O Século" assinou um protocolo com a Segurança Social para fornecer mais 80 refeições diárias a pessoas carenciadas.
"Devido à crise a carência aumentou, há mais pessoas desempregadas e sem possibilidade de pagar alimentos. Este protocolo dá hipótese às pessoas desfavorecidas de levarem as refeições para casa ou de as comerem no nosso refeitório", indicou Emanuel Martins.
A Fundação "O Século", com estatuto de Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS), foi instituída em 1998 para prosseguir a obra social do jornal "O Século", iniciada em 1927, com a criação de uma Colónia Balnear Infantil.
As colónias de férias para crianças carenciadas continuam a funcionar, mas de acordo com o presidente, a Fundação tem várias valências de apoio social a carenciados.
O fornecimento de refeições é feito a idosos, a crianças, e a pessoas desfavorecidas que façam prova da sua situação aos serviços da entidade.
Emanuel Martins indicou que em 2011 foram distribuídas 33.206 refeições só a idosos: "Há muitos que se nãolhes for levada a refeição não têm nada para comer", apontou.
As 80 refeições fornecidas na cantina da sede, em São Pedro do Estoril, resultam de um protocolo assinado com a Segurança Social, ao abrigo do Programa de Emergência Alimentar (cantinas sociais). 
"Se for necessário ainda é possível alargar esse fornecimento de refeições na nossa cantina. Neste momento há uma situação de carência muito grande em Portugal", alertou o presidente da entidade.
A Fundação "O Século" possui protocolos semelhantes com outras entidades, entre elas a Câmara Municipal de Cascais e a Misericórdia de Cascais, no âmbito dos quais fornece ainda 120 refeições diárias ao domicílio de idosos em situação de carência.