Fonte Luminosa volta a ser inaugurada após obras de reabilitação

Fonte Luminosa volta a ser inaugurada após obras de reabilitação

A Fonte Monumental da Alameda Dom Afonso Henriques, em Lisboa, conhecida como Fonte Luminosa, que foi alvo de obras de reabilitação, foi inaugurada na quinta-feira.

A Câmara de Lisboa anunciou no início de março que estava a reabilitar a fonte luminosa para "retomar os jogos de água" que a caracterizam e "abrir o edifício ao público".
A obra tem financiamento do Programa Prioritário em Ações de Reabilitação Urbana.
A Fonte Monumental da Alameda Dom Afonso Henriques está parada desde 2007 e em abril, aproveitando as comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios de 2011, subordinado ao tema ‘Água: cultura e património’, o movimento de cidadãos Fórum Cidadania Lisboa alertou para o estado de abandono deste monumento.
A Fonte Luminosa foi inaugurada na década de 40 do século passado para comemorar a entrada das águas do vale do Tejo na cidade.
A Fonte Luminosa, desativada desde 2009, foi, de acordo com fonte da autarquia, “alvo de trabalhos de restauro da estatuária e a reparação de todo o sistema mecânico, elétrico, rede de águas e construtivo (reabilitação de paredes e tectos)”.
“Foi efetuada a reabilitação de todo o sistema original incluindo tubagem, bombas e acessórios e novo sistema de alimentação de água, e colocadas duas novas bombas”, referiu a mesma fonte.
Além disso, a iluminação interior foi substituída, “com sistemas LED, quadros elétricos diferenciados para bombas e iluminação, sistema de intrusão e deteção de incêndio e novo sistema de iluminação exterior também com sistema LED”.
A câmara realizou ainda obras de restauro das estátuas da cuba principal (quatro sereias e um cavalo), remoção de graffitis, selagem de fissuras na zona da queda de água superior, tratamento da junta do capeamento da cuba principal e restauro das cantarias.