Festival promove francesinhas em Lisboa

Festival promove francesinhas em Lisboa

A segunda edição do "Festival da Francesinha de Lisboa", que decorre até domingo, na Feira Internacional de Lisboa (FIL), vai servir cerca de sete mil refeições diárias, segundo as estimativas da organização.

Esta previsão assenta na afluência da primeira feira, realizada em Dezembro, que "excedeu as expectativas", disse Marta Azevedo, da empresa Passo de Fusão, organizadora da iniciativa.

"Devido ao elevado número de visitantes, muitas pessoas foram embora sem conseguir provar as francesinhas porque não tínhamos capacidade de resposta", explicou, acrescentando que para esta semana a iniciativa conta com a participação dos restaurantes "A Cufra", "Majára", "Lado B", "Capa Negra", "Alfândega Douro" e "D'Oporto".

Para esta edição foi criado um menu, à venda na Ticketline por 12 euros, composto pelo prato, bebida e café, que dá acesso a qualquer restaurante presente no festival, e que "evita que as pessoas estejam na fila", disse Marta Azevedo.

Para esta responsável, o segredo daquela que é considerada uma das melhores sanduíches do mundo pelo "site" Aol Travel, "está no molho", que é feito à base tomate, cerveja e piripíri.

A francesinha é constituída por linguiça, salsicha fresca, fiambre, carnes frias e bife de vaca ou, em alternativa, lombo de porco assado e fatiado e coberta com queijo e ovo estrelado. Habitualmente é servida com batatas fritas.

O "Festival da Francesinha de Lisboa" decorre das 12:00 às 24:00 e a entrada é gratuita.