Festival Internacional de Cultura arranca em Cascais

Festival Internacional de Cultura arranca em Cascais
A edição deste ano do Festival Internacional de Cultura (FIC), que decorre sob o mote “Camões: ao desconcerto do mundo”, arranca hoje em Cascais com uma programação que inclui colóquios, debates, concertos, exposições, cinema e artes de rua.
 
Entre as mais de 70 personalidades que irão marcar presença no FIC, que decorre até 30 de setembro, estão os escritores Paul Auster, Arundhati Roy, Lídia Jorge, António Lobo Antunes, Maylis de Keranga, Gonçalo M. Tavares e Hélia Correia, a atriz Vanessa Redgrave, o teólogo José Tolentino Mendonça e os economistas António Bagão Félix e Francisco Louçã.
 
As primeiras sessões do ciclo de debates e encontros com escritores, uma das áreas de destaque do FIC, estão agendadas para sábado e domingo, respetivamente com a escritora indiana Arundhati Roy, que conversará com a jornalista Ana Daniela Soares, e com a romancista francesa Maylis de Kerangal, num diálogo com os escritores portugueses Pedro Vieira e Inês Pedrosa, curadora desta parte do festival.
 
A programação musical inclui concertos de, entre outros, Salvador Sobral, Jorge Palma, Joana Amendoeira, Fernando Tordo e Orquestra XXI.
 
Na área das artes estão previstas 11 exposições de pintura, fotografia, banda desenhada e de livros de artista. Até 30 de setembro haverá também uma feira do livro, teatro, animação infantil, cinema ao ar livre e artes de rua.
 
À edição deste ano regressa o Muraliza - Festival de Arte Mural e surgem novas iniciativas como o Out Fest, dedicado à música eletrónica, e a Portuguese Makers Craft Week, que reúne artesãos, arquitetos e designers nacionais e internacionais.
 
As diferentes iniciativas acontecerão na Casa das Histórias Paula Rego, designadamente o ciclo de encontros e debates com escritores, no Centro Cultural de Cascais-Casas do Gandarinha, no Museu Condes de Castro Guimarães e no Casino Estoril.
 
Este ano, estreiam-se no FIC a Casa de Santa Maria, o Jardim da Parada, a Casa Sommer-Arquivo Municipal e o Museu do Mar Rei D. Carlos.
 
O FIC é promovido pela Câmara de Cascais e pelo grupo editorial LeYa, estando programação completa disponível em www.fic.leya.com.