Festival AmadoraBD celebra 25 anos

Festival AmadoraBD celebra 25 anos
O Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora, o AmadoraBD, que começa nesta sexta-feira, assinala 25 anos, a refletir sobre novos formatos, técnicas e formas de leitura da nona arte.
 
O Fórum Luís de Camões (Brandoa) vai acolher a maioria das exposições do AmadoraBD, sendo a exposição central, intitulada "Galáxia XXI", dedicada à criação e difusão da banda desenhada perante novos suportes, com referências ao que se passa nos Estados Unidos e no Japão e à leitura de BD em ecrãs digitais.
 
Entre as outras exposições que preenchem dois pisos do Fórum contam-se uma dedicada aos 75 anos da personagem Batman, outra sobre os 50 anos da Mafalda, do autor argentino Quino.
 
Haverá ainda uma exposição sobre todo o ano editorial português, tanto na banda desenhada como na ilustração para a infância, e uma exposição individual da desenhadora Joana Afonso, a autora em destaque nesta edição.
 
Estão garantidas ainda exposições dedicadas ao argumentista Nuno Duarte e ao álbum "O baile", a Osvaldo Medina, a Henrique Monteiro e à personagem Surfista Prateado.
 
A ilustradora Catarina Sobral e o fanzine lusófono BDLP, criado em 2010 por João Mascarenhas, também merecem a atenção do festival, assim como o veterano autor português José Ruy, pelos 70 anos de atividade, com uma retrospetiva no Centro Nacional de Banda Desenhada e Imagem.
 
O festival, que contará com vários lançamentos editoriais e a presença de autores portugueses e estrangeiros, decorrerá até 09 de novembro.