Ferido grave devido a explosão em Algés está estável

Ferido grave devido a explosão em Algés está estável

O homem que ficou ferido com gravidade na sequência de uma explosão registada na terça-feira num estabelecimento comercial em Algés, Oeiras, “está ventilado e estável” no Hospital de Coimbra, disse hoje uma fonte daquela unidade hospitalar.
“O doente encontra-se internado na Unidade de Queimados do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra e está ventilado e estável”, adiantou à agência Lusa fonte oficial da unidade hospitalar.
Uma explosão num estabelecimento comercial em Algés, concelho de Oeiras, causou na terça-feira dois feridos, um dos quais ficou em estado grave e foi transportado para o Hospital de Coimbra com queimaduras na cara, pescoço e vias respiratórias.
O segundo ferido deu entrada no Hospital S. Francisco Xavier, em Lisboa, com queimaduras nas mãos.
Contactada hoje pela Lusa, fonte do Hospital S. Francisco Xavier adiantou que o homem sofreu queimaduras ligeiras, foi assistido e depois transferido para o hospital da sua área de residência.
O Comando Distrital das Operações de Socorro (CDOS) de Lisboa disse na terça-feira à Lusa que a explosão ocorreu cerca das 17:00 na loja 41 A da Rua Damião de Góis, no centro de Algés.
Sobre os danos materiais, fonte do CDOS adiantou "não ter havido grandes estragos".
O responsável da Proteção Civil de Oeiras, Filipe Palhau, acrescentou que a explosão terá tido origem no quadro elétrico do estabelecimento.