Feira Setencentista aguarda milhares de visitantes em Queluz

Feira Setencentista aguarda milhares de visitantes em Queluz

O Largo do Palácio Nacional de Queluz acolhe nos dias 13, 14 e 15 de setembro de 2013 a Feira Setecentista de Queluz.

Inserida na marca Sintra Capital do Romantismo, esta recriação histórica apresenta uma animação permanente num recinto com cerca de 5.700m2, onde artífices, artesãos, mercadores e outros comerciantes nacionais e estrangeiros recriam ofícios antigos, muitos deles em risco de desaparecimento.

Trata-se de uma excelente oportunidade de viajar à época setecentista, período de apogeu do Palácio Nacional de Queluz.

O palácio de Queluz é sem dúvida o lugar mais emblemático da corte portuguesa da segunda metade do séc. XVIII, principalmente a época que corresponde ao reinado de D. Maria I. Inicialmente construído como casa de veraneio veio a tornar-se residência oficial da corte portuguesa após o incêndio na Real Barraca da Ajuda em 1794.

Durante este reinado foram inúmeras as festas que ocorreram em Queluz cujos relatos chegaram até aos nossos dias principalmente os festejos por alturas dos aniversários da casa real ou dos santos da devoção dos monarcas.

A população de Queluz aumentava consideravelmente por estas ocasiões, aos residentes juntavam-se cocheiros, palafreneiros, criadas e lacaios, clérigos, moços de fretes e demais servidores, Estes sem entrada no palácio faziam a festa à medida das suas possibilidades no terreiro em frente.

Enquanto no interior do paço se dançava minuetes, gavotes e alemandes, comiam-se autênticos jantares pantagruélicos, entre variadíssimos jogos e brincadeiras acompanhadas pelo som de violinos, cá fora o povo acendia fogueiras, dançava ao som de gaitas, de castanholas e de uma ou outra guitarra.

É esse ambiente que iremos reviver em mais uma iniciativa Sintra, Capital do Romantismo a não perder!

Horário:

13 setembro – 17h00 às 24h00

14 setembro – 13h00 às 24h00

15 setembro – 13h00 às 23h30

O acesso é livre e gratuito.