Fecham dez empresas por dia em Lisboa

Fecham dez empresas por dia em Lisboa

A União das Associações de Comércio e Serviços (UACS) revelou que fecham diariamente 10 a 12 empresas em Lisboa, alertando para uma quebra de 40% nas vendas no primeiro trimestre, em comparação com o mesmo período de 2011.

"A nível nacional estão a fechar diariamente 100 empresas. Em Lisboa, que é um dos grandes centros, desde o início do ano que têm vindo a fechar 10 a 12 empresas por dia. Temos muitas empresas com 50 e 60 anos que com esta quebra drástica estão muito preocupadas com o futuro", afirmou à Agência Lusa a presidente da UACS de Lisboa, Carla Salsinha.

"A partir de Janeiro sentimos uma quebra a pique, pois os portugueses começaram a ter um rendimento mensal menor. Depois, há também um certo receio em relação ao dia de amanhã e as pessoas estão travar ao máximo o consumo e a cortar em tudo o que não sejam bens de primeira necessidade. Infelizmente não se perspectiva um resto de ano diferente", lamentou.

A responsável recordou que as empresas vivem das vendas. Se não há clientes para fazerem compras, os comerciantes não terão capacidade para cumprirem os compromissos assumidos.

Carla Salsinha considera que a carga fiscal imposta ao sector é também um dos factores que está a levar ao encerramento de muitas empresas.

"Quatro meses da actividade das empresas são só para pagar impostos ao Estado e à Câmara. Durante esse período trabalhamos para pagar esse valor. Agora com esta quebra drástica no consumo estamos de facto com alguma preocupação em relação ao futuro", sustentou a presidente da União das Associações de Comércio e Serviços de Lisboa.