FCA Portugal integra a marca JEEP e abre 15 novas concessões

FCA Portugal integra a marca JEEP e abre 15 novas concessões
À semelhança dos restantes mercados europeus, chegou agora a vez da marca Jeep ser representada pela FCA Portugal. A par da Alfa Romeo, a Jeep será a marca premium do grupo, razão pela qual uma vasta reestruturação da Rede de Concessionários da FCA Portugal começou a ser executada há dois anos. A Rede de Concessionários é um dos mais importantes pilares da integração da Jeep na FCA. Os volumes de vendas conseguidos até agora ficam aquém das novas ambições da marca, pelo que uma capilaridade geográfica diferente da actual tornou-se desde cedo um alvo de todas as atenções da FCA assim como a necessidade de expor os seus produtos de acordo com os seus públicos-alvo
 
Uma nova Rede apta a enfrentar os novos desafios
 
A nova Rede de Concessionários hoje inaugurada é composta por 15 pontos de venda e 18 pontos de pós-venda que em termos geográficos representa uma forte cobertura nacional, tanto no continente como nas ilhas. A Jeep, tal como a Alfa Romeo, é a marca premium da FCA, e portanto as áreas de exposição das viaturas da marca tinham que também ser premium. Foi neste sentido que se criaram showrooms exclusivos com uma imagem cuidada que deixa transparecer todos os valores da marca – liberdade, aventura, autenticidade, paixão – presentes em cada pormenor dos 3.000m2 de áreas de exposição.
Também a formação foi um dos pilares fundamentais da nova Rede. Foram formadas de raiz equipas de vendas e pós-venda assim como implementados novos processos comerciais específicos para a Jeep, garantido assim um atendimento de excelência ao cliente.
 
O momento certo
A Jeep passa a ser representada e comercializada em Portugal pela FCA no momento certo. A crise económico-financeira obrigou a reestruturações do Grupo em toda a Europa e Portugal não ficou imune às necessárias alterações organizativas e em consequência das alterações criadas, a FCA Portugal permaneceu uns anos dependente da FCA Espanha. A situação terminou em 2015, altura em que os quadros da FCA Portugal passaram a concentrar-se exclusivamente no mercado português, altura em que se iniciaram os preparativos para a chegada da nova marca, preparação essa que culmina hoje, dia 8 de Setembro.
Por outro lado, o segmento em que os produtos JEEP se inserem está a provar ser um segmento extremamente interessante. Em Portugal, o segmento dos SUV cresceu no ano completo de 2016 32%, num mercado que cresceu no mesmo ano 16%. Os SUVs representam em Portugal sensivelmente 20% do mercado total.
Na Europa, a tendência também é notável. Em 2016 a JEEP bateu recordes de vendas por cinco anos consecutivos tendo comercializado 1,401,321 unidades, ultrapassando o milhão de unidades pelo terceiro ano consecutivo. E no primeiro semestre de 2017 a JEEP vendeu 53, 948 viaturas, mantendo a sua quota europeia estável. O Renegade, primeiro SUV criado em parceria entre Itália e os Estados Unidos da América consolidou a sua liderança no seu segmento com as vendas a crescerem 4.9% face ao primeiro semestre de 2016. A chegada do novo JEEP Compass contribuirá para um crescimento ainda maior. Em Portugal, o novo modelo será comercializado a partir de 
Outubro deste ano.
 
Uma marca com História. Uma gama completa.
Contar a história que relaciona a gama Jeep de hoje ao primeiro 4x4 original de 1941 significa navegar em algumas das páginas mais lendárias da indústria automóvel moderna. Tudo começou em 1941 com a produção do imparável Willys-Overland MB. Em 1945, no final da guerra, foi transformado no primeiro Jeep não-militar chamado CJ-2A ("CJ" significava Civilian Jeep), e que acabou por se tornar no primeiro veículo off-road moderno. A lendária marca dos EUA também foi pioneira no segmento SUV (Sport Utility Vehicle). Em 1946 o Willys Wagon iniciou a sua comercialização (a versão de tração às quatro rodas remonta a 1949). Desde então, a Jeep liderou a evolução desta categoria ao introduzir inovações, como o Jeep Wagoneer, precursor do Grand Cherokee de hoje, que criou o segmento "Premium Large SUV" em 1963. As peculiaridades deste modelo incluíam uma transmissão automática (equipada pela primeira vez com tracção às 4 rodas) e um chassis moderno e funcional adequado tanto para ruas da cidade como para
fora de estrada.
 
Duas décadas depois, em 1984, o Jeep Cherokee foi lançado. Com este modelo a Jeep criou uma nova categoria de SUVs. O novo chassis permitiu uma maior rigidez, diminuição considerável do peso e eficiência de combustível melhorada. Um salto semelhante foi feito pela Jeep em meados de 1992 com a primeira geração do Grand Cherokee, que ao longo dos anos definiria o novo padrão de referência em termos de estilo, qualidade e desempenho no segmento SUV Premium. Os modelos continuaram a ser aperfeiçoados ao longo das próximas três gerações com novas características tecnológicas para aperfeiçoar as capacidades de movimentação on-road e off-road e alcançar níveis de excelência sem precedentes.
 
 
Outro marco da Jeep foi em 2007 com o lançamento do Wrangler Unlimited - lançado pela primeira vez em 1987 e actualmente na sua terceira geração - é o descendente directo do original Willys-Overland de 1941 e o que melhor expressa os mais autênticos valores Jeep. O sucesso do modelo é devido a muitos factores, mas acima de tudo ao seu estilo natural para a personalização, conforme demonstrado pela sequência de versões especiais, algumas em edição limitada, que foram lançadas ao longo dos anos. Cada um comemora um importante aniversário ou caminhos de aventura, onde o Wrangler faz sobressair os seus melhores atributos, garantindo uma experiência de condução sem igual. Outro ano-chave foi 2013, quando o deslocamento do eixo traseiro - projectado para reduzir a energia desperdiçada quando o modo 4x4 não está em uso - estreou pela primeira vez no segmento "Tamanho médio SUV" no Jeep Cherokee. Mas isso não foi tudo. O novo Jeep Cherokee também foi o primeiro "SUV médio" a se ajustar a uma transmissão automática de nove velocidades para proporcionar excelente desempenho, baixas emissões e eficiência de combustível melhorada. Um novo capítulo da lendária história da marca foi aberto em 2014 com o lançamento do Renegade, o primeiro Jeep a entrar no cada vez mais relevante segmento "Pequenos SUV". Construído em Itália e vendido em mais de 100 países em todo o mundo, o Jeep Renegade foi o primeiro de sua categoria a se adaptar a uma transmissão automática de nove velocidades para desempenho superior tanto em pista como fora de estrada. E, foi o primeiro SUV em seu segmento, que vem com a desconexão do eixo traseiro combinado com o 4x4 Jeep Active Drive de última geração e o Jeep Active Drive Low.
Em 2017 foi lançado o novo Jeep Compass: SUV compacto totalmente novo que oferece uma capacidade 4x4 insuperável, uma dinâmica de condução de classe mundial e um design Jeep distintivo e autêntico. Em Portugal será comercializado a partir de Outubro.
 
A gama Jeep em Portugal
A gama de Jeep em Portugal é constituída pelo Renegade, Cherokee, Grand Cherokee e Wrangler. Em Outubro de 2017 o Compass iniciará a sua comercialização no mercado português. Cada Jeep coloca a fasquia do off-road e do divertimento de condução um pouco mais alto. É assim desde 1941.
O Jeep Renegade é um icone que faz parte desta estirpe mantendo sempre a grelha de sete aberturas. Desenhado para a cidade e criado na natureza, oferece, em simultâneo, performances inigualáveis, tecnologia de excelência e uma personalidade corajosa e irreverente. É moderno e contemporâneo até ao mais ínfimo pormenor.
 
Nascido com o mais genuíno ADN da marca Jeep, o Cherokee eleva a fasquia a níveis superiores de comportamento em estrada, estabilidade e economia com capacidades 4x4 no topo da categoria e tecnologia de primeira linha. Dirigido a quem procura forma e substância. Dimensionado para progredir em qualquer terreno com requinte e destreza, o Cherokee vai a todo o lado. Projectado para se destacar em todo-o-terreno, concebido para superar qualquer situação, o Cherokee convida o aventureiro que há em cada um de nós a sair e explorar o melhor de todos os mundos. Sob todos os pontos de vista.
O Wrangler é o ícone do espírito pioneiro e da liberdade. O actual Wrangler nasceu com toda esta extraordinária experiência, pronto para viver novas aventuras onde quer que deseje ir: ligar-se a tudo o que há muito procura, assumir um ponto de vista diferente, mergulhar no inesperado. O Wrangler foi construído para resistir e estar sempre a seu lado, levando-o a novas alturas. Progredir, sonhar, poder ter o comando nas mãos: tendo todo um mundo a seus pés.
 
O Grand Cherokee é a evolução da excelência. Evoluiu e surge com uma nova estética ainda mais assertiva: desde a faixa frontal atualizada até à grelha, e ainda com mais elementos premium, que vão da tecnologia à performance. Uma ampla gama que agora inclui o novo jeep® Grand Cherokee Trailhawk.