Fadista Nuno da Câmara Pereira é candidato a Sintra pelo PND

Fadista Nuno da Câmara Pereira é candidato a Sintra pelo PND

O fadista Nuno da Câmara Pereira vai avançar como candidato à Câmara de Sintra pelo Partido Nova Democracia (PND), assumindo que a equipa não tinha capacidade para recolher as assinaturas necessárias à formalização da candidatura apartidária.
Em janeiro, o antigo líder do Partido Popular Monárquico (PPM) anunciou que seria candidato independente às eleições autárquicas deste ano, mas, numa cerimónia de apresentação da sua candidatura, afirmou ter chegado a um entendimento com o PND para ser o cabeça de lista do partido.
"Vamos avançar com uma lista patrocinada pelo PND. Não temos infraestruturas para recolher tantas assinaturas e por isso fizemos estas negociações. Escolhemos o partido que tem mais a ver connosco, mas nem por isso deixamos de ser um movimento de cidadãos livres e independentes", afirmou durante a iniciativa que teve lugar no Palácio Valenças, em Sintra.
Nuno da Câmara Pereira adiantou que encabeça uma candidatura de um grupo de cidadãos patrocinado por um partido que se revê nas cerca de 350 pessoas que estão envolvidas nas listas à câmara, à assembleia municipal e às juntas de freguesia.
O candidato do PND disse que já se encontra no terreno em ações de campanha e que "é nos bairros problemáticos" que terá o "maior apoio".
"É nos bairros problemáticos que vou ter o maior apoio por ser popular e cantor de fado. São as pessoas mais modestas que respeitam a sua cultura e entrei onde mais ninguém consegue entrar. As minorias vão ser a nossa força", adiantou.
Conhecido fadista e defensor da monarquia, Nuno da Câmara Pereira já foi deputado na Assembleia da Republica.