Exposição 'Estúpidos, maldosos e semanais. Uma constelação em torno do Charlie Hebdo'

Exposição 'Estúpidos, maldosos e semanais. Uma constelação em torno do Charlie Hebdo'
A Biblioteca Municipal Fernando Piteira Santos, na Amadora, tem patente, até ao próximo dia 13, a exposição “Estúpidos, maldosos e semanais. Uma constelação em torno do Charlie Hebdo”.
 
A mostra “visa mostrar o contexto em que este título, assim como o grupo editorial que o formou, associado à revista Hara-Kiri, surgiu”, "revisitando referências da imprensa ilustrada satírica, os títulos de banda desenhada, imagens da publicação e livros que refletem a sua história", explica a autarquia.
 
A exposição inclui um complemento organizado por Osvaldo Macedo de Sousa, "Cartoonismo: uma profissão de risco?", em que "se visitam vários artistas que, no mundo dito do Médio Oriente e Ásia têm sofrido as consequências mais graves pelo seu trabalho artístico, demonstrando que a luta pela liberdade de expressão é verdadeiramente universal, e que a solidariedade deve ultrapassar fronteiras, línguas e culturas”.
 
A mostra vai acolher, na quinta-feira, às 21:30, da apresentação do "Pequeno Tratado da Intolerância", de Charb, pelo jornalista Nuno Ramos de Almeida. A obra do ex-diretor do Charlie Hebdo, assassinado no ataque de janeiro de 2015, foi editada pela Bertrand.