Exposição coletiva 'Point of View' inaugurada no parque da Pena

Exposição coletiva 'Point of View' inaugurada  no parque da Pena

A exposição coletiva "Point of View", que reúne artistas como Alberto Carneiro e Alexandre Farto, que assina como Vhils, é inaugurada hoje, no parque da Pena, em Sintra, informou a sociedade Parques de Sintra-Monte da Lua (PSML).

A exposição reúne dez artistas, de diferentes nacionalidades, entre os quais os portugueses Alberto Carneiro, Vhils e Gabriela Albergaria, o brasileiro Antonio Bokel e o britânico Stuart Ian Frost, e tem por objetivo assinalar o bicentenário de D. Fernando II, o “rei-artista”, criador do Parque da Pena.

No projeto participam ainda o mexicano Bosco Sodi, o polaco NeSpoon, o alemão Nils-Udo e os portugueses João Paulo Serafim e Paulo Arraiano que tê vindo a trabalhar as suas obras, nas últimas semanas, em diversas zonas do Parque da Pena, como o Vale dos Lagos, o Jardim Inglês ou a Feteira da Rainha.

A organização prevê a criação de uma edição especial do mapa do parque da Pena, com a localização específica de cada obra.

A mostra, com direção artística de Paulo Arraiano e direção de projeto de Sofia Barros, vai ficar patente até maio de 2017 e "as obras não serão alvo de manutenção, uma vez que o amadurecimento natural de cada peça faz parte do conceito da exposição", esclareceu a PSML, em comunicado.

"A relação entre homem e natureza é sentida, numa total simbiose, tal como o rei D. Fernando II pretendeu", refere a diretora do projeto, Sofia Barros, citada no comunicado de apresentação da iniciativa.

Promovida no âmbito do bicentenário do "rei-artista”, a mostra tem por objetivo levar os visitantes a "perderem-se" no parque criado pelo monarca, explorando as suas diferentes perspetivas e pontos de vista.

O diretor artístico, Paulo Arraiano, na apresentação enviada à imprensa, afirma que os "dez artistas trabalham como agentes de reconexão e diálogo entre o binómio homem/terra, através de um processo de acupuntura geográfica, criando, assim, diferentes diálogos ‘in situ' com um organismo vivo", adianta a nota da empresa.

A inauguração, marcada para as 18:00, conta com a presença da secretária de Estado do Ordenamento do Território e da Conservação da Natureza, Célia Ramos.

A PSML foi criada em 2000, para gerir os parques e monumentos na área classificada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), como Património Mundial e tem como acionistas a Direção-Geral do Tesouro e Finanças, o Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, o Turismo de Portugal e a Câmara de Sintra.